Bombas industriais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1703 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Bombas Industriais

Para a correta seleção e instalação de uma bomba e para que se entenda e controle sua operação, bem como para sua manutenção e inspeção, é importante conhecermos vários conceitos ligados para todos os tipos de bombas.

1 - CONCEITOS BÁSICOS GERAIS

1 – Peso específico

É o peso por unidade de volume de uma substância qualquer. As unidades mais usadas são: kgf./m3 elbf / ft 3 .

2 – Massa específica

É a massa por unidade de volume de uma substância qualquer. As unidades mais usadas são: kg/ m3 e lbf / ft 3 .

3 – Densidade

É a relação entre o peso específico de uma substância e o peso específico de outra substância tomada como padrão. A densidade, tendo em vista sua definição, é adimensional.

4 – Viscosidade

É a resistência impostapelas camadas líquidas ao escoamento recíproco. Assim sendo, sempre que temos fluidos em movimento, o deslocamento recíproco das partículas acarreta um esforço de atrito.
A viscosidade depende da natureza do fluido e pode ser de dois tipos:

- Viscosidade absoluta
As unidades mais utilizadas são : lbf x seg/ft2 e centipoise (Cp)


- Viscosidade cinemática
É a relação entre aviscosidade absoluta e a massa específica da substância.
As unidades mais utilizadas são: Centistokes (Cs), Saybolt (SSU ou SSF), Redwwod (Red I ou Red II) e Engler (ºE)


5 – Pressão

É a relação entre uma força que está sendo aplicada em uma área e esta área.

P = F/A
Onde:
P = pressão
F= força
A = área


As unidades mais usadas são: kgf/cm2 ; atm e Lbf/in2 (ou PSI)


Devido a grande utilidade no estudo de bombas, é importante mencionar que a determinação da pressão resultante de uma coluna de líquido é dada pela fórmula:
P = peso esp. do líquido x altura do líquido


6 – Vazão (ou descarga)

É uma determinada quantidade de fluido escoado através de uma seção considerada na unidade de tempo. Normalmente lidamos com dois tipos de vazão,quais sejam:

a) vazão volumétrica (Q)

A quantidade de fluido escoado é expressa em termos de volume e as unidades mais usadas são:
m3 / s ou m3 / h
l/min
G.P.M.


b) vazão mássica (m)

A quantidade de fluido escoado é expressa em termos de massa e as unidades mais usadas são:


Kg/h ou t/h
lbm/h

Sempre que se fala em vazão, sem definir qual, está-sereferindo à vazão volumétrica. Define-se vazão de uma bomba como sendo a quantidade de fluido deslocada pela bomba na unidade de tempo, a partir do flange de descarga da bomba.

7 – Deslocamento

Deslocamento de uma bomba é o volume de líquido deslocado a cada rotação ou ciclo do conjunto móvel.
A unidade normalmente utilizada é o cm3 / rotação.
Os principais tipos de deslocamento são:

a)Deslocamento ideal – é o valor teórico do deslocamento, não considerando as perdas por vazamentos internos.
b) Deslocamento real – é o valor realmente produzido.
c) Deslocamento positivo – o volume do líquido é transportado do flange de entrada ao flange de saída, sem retorno. O deslocamento é constante para cada ciclo.
d) Deslocamento não-positivo – não existe vedação positiva entre os pórticosde entrada e saída da bomba e por esse motivo o deslocamento não é constante, havendo para cada ciclo um certo retorno de volume de líquido transportado.

Lembrar sempre que: vazão = deslocamento x rotação da bomba ( ou cursos do êmbolo)

8 – Perda de carga

Podemos conceituar perda de carga como a energia, por unidade de peso, perdida em um trecho da tubulação considerado. Como astubulações são compostas de trechos retos e acessórios, tais como: válvulas em geral, joelhos, tês, etc.. os quais provocam diferentes resistências à passagem do líquido, expressas em metros (ou ft) de altura de coluna de líquido (mcl), temos que desmembrar a perda de carga (hf) em duas outras, quais sejam:

a) Perda de carga normal (hfN )

É a perda de carga que se verifica nos trechos retos...
tracking img