Bolívia

Páginas: 5 (1203 palavras) Publicado: 27 de outubro de 2011
A hipótese do nacionalismo plebeu
Desde a época colonial, as transformações no mundo indígena são muito complexas. A base ecológica da vida comunitária foi destruída pelas reduções coloniais, as divisões de fronteiras nacionais e as fazendas privadas.
O “pacto colonial” foi destruído quando a perda da importância econômica do tributo indígena consentiu uma devastadora ofensiva liberal contra oayllu e com isso também houve a consolidação do regime de fazenda.
Patzi define o projeto de descolonização como uma igualdade de oportunidades e universalização do “modo de produção comunitária” para as áreas urbanas.
A tese do comunitarismo urbano reconhece uma boa dose de trabalho direto e também, muitas vezes escondem as desigualdades e a precariedade do trabalho em um denso tecidopolítico, econômico e social.
O mundo plebeu difere da classe trabalhadora organizada, que antes era a base da co-governança de 1952 e também se diferencia das comunidades indígenas rurais, em um espaço político antropológico.

ONDE VAI O EVISMO?
A hegemonia Nacional boliviana não reconhecida há mais de 50 anos volta a presidir o cenário político gerido pelo presidente Evo Morales com a esmagadorareeleição que o elegeu com mais de 63% dos votos. A “Meia Lua” foi desarticulada como uma opção de resistência e a oposição sem lideranças coesionadoras é incapaz de ler a realidade nacional. A influência política do Movimento ao Socialismo (MAS) se estende por todo o território de forma soberana e inviabiliza e apazigua a tentativa de outros movimentos de submergir.
Entretanto, os termosanti-capitalistas ou socialistas de Evo Morales podem conduzir a erros. As atribuições que lançam a administração de Morales tem traçado um extenso paralelo que vai de anti-moderno a etno-fóbico, sendo que o empoderamento indígena popular é hoje incontestável e fonte da enorme legitimidade, traduzida em apoio eleitoral de Evo Morales.
Porém, todos se perguntam se é possível uma aproximaçãopolítico-sociológica entre essas posições polares.
E, o que esse artigo se propõe é de que o processo político-social que foi inaugurado com a chegada de Evo Morales em 2006 ao governo, tenta ponderar as inegáveis rupturas, como as mais evidentes continuidades com a rica história nacional popular.
Esses setores muitas vezes no limite da legalidade apoiam as políticas redistributivas do Estado (bonussociais, por exemplo), mas rejeitam qualquer tentativa de regulamentação Estatal, cobrança de impostos e a execução de direitos trabalhistas.
Do ponto de vista político, o partido que na década de 90 mostra uma Bolívia feita de uma manta de retalhos (Zavaleta) ou heterogênea (Chatterjee) foi a Consciência da Pátria (CONDEPA), liderada por Carlos Palenque, folclorista e radialista mestiço apoiado pelaantiga esquerda nacional, gerou uma poderosa força da reivindicação do cholo (mestiços brancos e índios), que transformou profundamente o cenário político em El Alto e La Paz. A gestão de consciência da Pátria desses municípios expressa uma espécie de tomada popular do Estado e foi caracterizada pelaineficiência administrativa e corrupção, juntamente com uma "democratização" do prebendalismo(“Chama de prebendalismo a existência de uma administração patrimonialista mantida através de formas de sustento do servidor patrimonial. As prebendas existem quando se conferem de um modo renovado, com apropriação individual, porém nunca hereditária.”- Weber (1991). Mas o culto do "padrinho" Palenque gerou um verdadeiro movimento de reafirmação reversão da identidade e do estigma.
Grande parte de seusmilitantes formaram a base urbana de El Alto e La Paz, que hoje expressa um movimento nacional-popular, que com a chegada ao poder em 2006, retomou as aspirações de uma reivindicação de uma nação. Foi a MAS (Movimento ao Socialismo), não a MIR (Movimento da Esquerda Revolucionária), que conseguiu a união histórica com ano de 1952.
Ilusão desenvolvimentista verso ilusão comunitária
Foi o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • bolivia
  • Bolivia
  • Bolívia
  • Bolivia
  • Bolivia
  • BOLIVIA
  • Bolivia
  • Bolívia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!