Bobina de tesla

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (594 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

Por volta de 1891, o engenheiro iugoslavo radicado nos Estados Unidos Nikola Tesla, a fim de buscar uma forma de transmitir e gerar correntes elétricas a grandes distâncias sem queocorressem perdas causadas pelo efeito Joule, realizou muitas experiências com correntes alternadas de alta freqüência.

Seu interesse era mais relacionado a energia elétrica do que a comunicação,porém, deu-se a ele créditos no que se diz respeito a invenção do rádio, já que a Bobina de Tesla é essencialmente um transmissor de rádio sem antena.

Uma bobina de Tesla é provavelmente a maisespetacular de todas as demonstrações elétricas. Descargas semelhantes a relâmpagos, brilhantes descargas coronas, proporcionam um efeito espetacular devido ao campo eletromagnético formado, podendo acenderlâmpadas fluorescentes e lâmpadas néon até a dois metros de distância do aparelho. Por causa de sua alta freqüência, a bobina de Tesla provê um modo relativamente seguro para demonstrar fenômenos queenvolvem alta tensão.



Objetivo:

Este trabalho visa a construção de uma Bobina de Tesla para que seja possível demonstrar e estudar conceitos como a Quebra de rigidez dielétrica do ar,Circuitos ressonantes e transmissão de energia pelo ar, Ionização de gases e relâmpagos artificiais e Geração, transmissão e recepção de ondas eletromagnéticas.



Materiais e Métodos:

A Bobina deTesla é constituída de 6 partes: a base da sustentação, a bobina primária L1, a bobina secundária L2, o transformador T, o capacitor C e o faiscador.

O funcionamento da Bobina se dá com otransformador T que eleva a tensão recebida da rede para cerca de 12000 Volts. Como o secundário desse transformador está ligado em paralelo com o capacitor C de alta tensão, em cada semi-ciclo da tensãoalternada, ele se carrega (armazena energia potencial eletrostática) até o valor dessa alta tensão disponível. A descarga de C ocorre no espaço de faísca do centelhador, através da bobina primária L1....
tracking img