Blow up

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2731 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Cinema e Modernismo – relação entre Walter Benjamin- A Obra de Arte na Era da Sua Reprodutibilidade Técnica e Blow Up de Michelangelo Antonioni, 1966 2010/11

BLOW UP
Michelangelo Antonioni, 1966

Trabalho realizado por: Ana Raquel Mouro 1º ano AP

Cinema e Modernismo – relação entre Walter Benjamin- A Obra de Arte na Era da Sua Reprodutibilidade Técnica e Blow Up de MichelangeloAntonioni, 1966 2010/11

Introdução

Com este pequeno ensaio proposto na disciplina de Cinema e Modernismo, pretendese relacionar o texto de Walter Benjamin "A Obra de Arte na Era da Sua Reprodutibilidade Técnica" com o filme Blow Up de Michelangelo Antonioni de 1966. Começo por fazer pequenas referências biográficas de Walter Benjamin e de Michelangelo Antonioni. Proponho um resumo sucinto dofilme, referindo os aspectos mais relevantes. E falarei de aspectos como a realidade/ficção que são como que a mensagem por trás do filme. Irá ser referido a importância do Swinging London, que marca todo o ambiente em que se vivia na década de 60, ajudando a perceber melhor o contexto em que o filme se insere. Na relação entre o filme e o texto de Walter Benjamin. O meu foco principal inserir-seá nanoção de "inconsciente óptico” relacionando essa nova noção com o filme de Antonioni, isto é, com as ampliações fotográficas que marcam o clímax de toda a narrativa.

Cinema e Modernismo – relação entre Walter Benjamin- A Obra de Arte na Era da Sua Reprodutibilidade Técnica e Blow Up de Michelangelo Antonioni, 1966 2010/11

Antonioni foi um nome de destaque num momento de apogeu do cinemaitaliano dizse que era o cineasta da introspecção. Os seus temas predilectos eram as relações humanas, a dificuldade de viver e o amor impossível. Além de premiado várias vezes em Cannes, Veneza e Berlim, recebeu um Óscar pelo conjunto da sua obra, em 1995. Em 1985, Antonioni sofreu um derrame cerebral o que o deixou numa cadeira de rodas. Nos últimos anos, Antonioni dedicou-se às artes plásticas,produzindo colagens e móbiles que foram expostos em Roma em Outubro de 2006 sob o título "O Silêncio a Cores". Morreu em Roma, aos 94 anos, ao lado da sua esposa Enrica Fico. “Blow up (Depois Daquele Beijo) foi o primeiro filme de Antonioni realizado na Inglaterra e falado em inglês. Conquistou em 1996 os prémios de Melhor Filme e Melhor Realizador pela National Society of Film Critics. Tornou-senum visionamento obrigatório para apreciadores de cinema. “O rigor estético aqui exibido por Antonioni, somado à excepcional montagem de Frank Clarke, à bela fotografia de Carlo Di Palma e à atuação inspirada de Hemming, garante ao filme um vigor e um charme que só crescem com o tempo”, Pablo Villaca, Cinema em Cena.” [1] “Antonioni vê o homem do século XX como um prisioneiro do código decondutas erigido pela sociedade em que vive. A longa-metragem é pesada, com poucos diálogos. É um passo firme de Antonioni para retratar o homem como um ser cujo livre-arbítrio é uma ficção, uma teoria irrealizável, pois não existe discurso ou acção que consiga praticar capaz de livrar-lhe do tédio, das amarras sociais, e em última instância da própria noção de felicidade. A felicidade, parece dizerAntonioni, só pode ser encontrada fortuitamente, em breves instantes, e logo desaparece. “Blow Up” é o retrato de um desses momentos, que aparecem muito raramente na vida de Thomas. (o personagem principal) O sujeito é um dos mais ricos, famosos e requisitados fotógrafos fashion da “swinging London”1. Possui um Rolls Royce conversível, uma bela casa, e tem dezenas de ascendentes a modelos aajoelharem-se aos seus pés. Em teoria, leva uma vida de sonho. Mas, na prática, isso não poderia ser mais diferente. A vida de Thomas parece-se com um pesadelo sem fim. Thomas é o retrato do cansaço. Não do cansaço físico, mas de um tipo de cansaço bem mais difícil de derrotar: o cansaço moral. O cansaço da alma. Ele tem tudo, mas não é feliz; vive em estado permanente de tédio. Sua vida requintada...
tracking img