Bloqueio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2635 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Bloqueio paravertebral torácico


25
Seção V

Introdução
O bloqueio paravertebral torácico produz analgesia ipsilateral através da injeção de anestésico local no espaço paravertebral, ou seja, o espaço triangular encontrado ao lado da coluna, na emergência dos nervos espinais. É recomendado para cirurgias unilaterais torácicas e abdominais. Contudo, o bloqueio bilateral tem sido tambémempregado. Alguns exemplos de cirurgias realizadas com esse bloqueio são as exéreses de nódulo de mama, colecistectomias e herniorrafias. Tem sido usado também no tratamento da dor, principalmente com a técnica contínua. A dispersão do anestésico ainda merece estudos mais aprofundados, assim como a utilidade do ultrassom como auxiliar na sua realização. Por esses motivos o seu uso na clínica diáriaainda tem sofrido alguma resistência por parte dos anestesiologistas. Neste capítulo pretende-se discutir a anatomia, a técnica do bloqueio, suas indicações e complicações.

Histórico do bloqueio paravertebral torácico
O primeiro bloqueio paravertebral foi realizado por Hugo Sellheim de Leipzig (1871-1936), em 1905, na tentativa de se obter relaxamento da musculatura abdominal durante acirurgia, sem que fosse necessário usar a raquianestesia.1 Um residente de cirurgia, na época, realizou um estudo anatômico-clínico, conseguindo avaliar a inervação decorrente dos bloqueios paravertebrais. Dessa forma, passou a indicar o bloqueio no diagnóstico diferencial de algumas doenças que cursavam com dores abdominais, como cólicas renais e colecistite calculosa.2 Arthur Lawen refinou a técnica deSellheim em

1911 e a chamou de “anestesia paravertebral condutiva”.3 A popularidade deste bloqueio atingiu o auge entre os anos de 1920 e 1930. Em 1920, Sherwood-Dunn usou o bloqueio para toracotomias e confirmou sua utilidade, desde que se evitasse que o paciente escutasse o uso da serra durante a retirada das costelas.4 Nesse mesmo ano, o bloqueio paravertebral torácico tornou-se popular notratamento da angina de peito intratável.5 Em 1933, J.G.P. Cleland descreveu o bloqueio paravertebral em T11 e T12 para a analgesia de parto.6 Kappis desenvolveu em 1919 uma técnica comparável a que se usa nos dias de hoje, produzindo anestesia cirúrgica para cirurgias abdominais.7 Entre os anos de 1950 e 1960 as publicações sobre este bloqueio quase que desapareceram completamente, fazendo com quealguns livros chegassem a tecer comentários contrários ao bloqueio, afirmando que ele teria muito mais importância histórica do que prática.8 Após essa data, o bloqueio torácico paravertebral foi negligenciado até 1979, quando Eason e Wyatt reintroduziram o bloqueio na prática clínica, descrevendo a técnica com o cateter.9 Nas duas últimas décadas, tem havido um renovado interesse nesta forma debloqueio dos nervos aferentes. Nesse aspecto, deve-se citar o valor dos trabalhos de Sabanathan, Richardson e Lönnqvist, três pesquisadores que substancialmente contribuíram para nosso entendimento dessa técnica que quase foi esquecida.10 Atualmente, a técnica é usada em muitos centros pelo mundo, seja com cateter ou com múltiplas injeções. Recentemente, Culp et al. descreveram o uso do bloqueioparavertebral torácico para analgesia pós-operatória após ablação de carcinoma metastático do fígado por radiofrequência.11 A partir dessa data, o interesse no bloqueio paravertebral torácico cres-

2

Anestesia regional

I

Seção V Bloqueios de nervos periféricos sensitivos

ceu consideravelmente e inúmeros estudos têm demonstrado sua eficiência tanto com uma única como múltiplasinjeções. O bloqueio tem sido usado como complemento da anestesia geral ou como técnica regional pura, suplementada com ligeira sedação, em uma grande variedade de cirurgias.12-20

Anatomia
O espaço paravertebral torácico está localizado em ambos os lados da coluna vertebral e tem limites mais ou menos nítidos, embora não se possa dizer que constitua um espaço delimitado como é o caso do espaço...
tracking img