Blabla

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1183 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
QUÍMICA
EXPERIMENTAL




Relatório 4: Cinética Química












ENGENHARIA CIVIL 2011/1º






Nomes: Gabriel Benício de Almeida Prado Barreto
Giovanni Mateus Rocha Santos
Gabriela Pereira Gama
Turma: S1D
Professora: Ana Lucia
Data de Realização da Experiência: 12 de abril de 2011
Laboratório: 1009

Cinética QuímicaIntrodução

A cinética química é responsável pela análise e estudo da velocidade das reações químicas e os fatores que a influenciam:

• Concentração dos reagentes – O aumento da concentração dos reagentes promove o aumento do número de colisões entre as moléculas. Isso faz com que a probabilidade de colisões entre as moléculas. Isso faz com que a probabilidade de colisões efetivas acontecerempara a formação do complexo ativado seja maior.
• Temperatura – Com o aumento da temperatura, aumenta a energia cinética média das moléculas em um sistema e conseqüentemente o número de colisões efetivas entre elas.
• Natureza dos reagentes – Dependendo de quais substâncias reagem, o tempo de tais reações varia, ou, a rapidez ou velocidade com que se formam ou rompem as ligaçõesdependem da natureza dos reagentes. Reações ácidas, a formação de sais, a troca iônica são reações rápidas.
• Catalisadores – Os catalisadores aumentam a velocidade de uma reação química, mas não participam da formação dos produtos, sendo completamente regenerados no final. O catalisador acelera a reação, pois diminui a energia de ativação das moléculas, e o catalisador continua intacto aofinal da mesma.
• Pressão – Um aumento da pressão em um sistema em reação implica uma diminuição em seu volume. Desse modo, haverá um número maior de partículas reagentes por unidade de volume (aumento na concentração), o que possibilitará um maior número de colisões efetivas entre as partículas.
• Superfície de contato – Se em uma reação atuam reagentes em distintas fases, o aumentoda superfície de contato entre eles aumenta a velocidade das reações. Considerando, por exemplo, uma reação entre uma substância sólida e uma líquida, quanto mais reduzida a pó estiver a substância sólida, maior é a superfície de contato entre elas, e portanto, maior é a possibilidade de essas partículas colidirem umas com as outras.




A velocidade de uma reação pode ser explicadaatravés da Teoria das Colisões Efetivas. As colisões efetivas são aquelas que levam a formação dos produtos, dependem de uma orientação favorável durante a colisão, de uma energia mínima (energia de ativação) para que haja o rompimento das ligações químicas, e da freqüência de colisões. A colisão deve ocorrer com geometria favorável.

Objetivo




As práticas realizadas têm por objetivoavaliar os efeitos da concentração, temperatura, e catalisadores na velocidade de uma reação.

Efeito da concentração na Reação:

2IO-3 + 5HSO-3 + 2H+ → I2 + 5HSO-4 + H2O

Procedimento

Enumerou-se 5 tubos de ensaio de 18 x 150mm. Após a numeração adicionou-se aos tubos respectivamente 10, 8, 6, 4, 2mL de solução 0,01 mol/L de KIO3. Adicionou-se aos tubos de número 2, 3, 4 e 5,respectivamente 2, 4, 6, 8mL de água destilada e logo após foi adicionado aos tubos 10mL de solução a 0,04% m/v de NaHSO3 e foi marcado o tempo para que ocorresse a reação com o auxílio de um cronômetro, do instante em que se adicionou NaHSO3 até o aparecimento de uma coloração azul.

Resultados

|Número do tubo |KIO3 (mL) |H2O (mL) |NaHSO3 (mL)|Tempo (s) |
|1 |10,00 ± 0,05 |0 |10,00 ± 0,05 |38 ± 0,5 |
|2 |8,00 ± 0,05 |2,00 ± 0,05 |10,00 ± 0,05 |46 ± 0,5 |
|3 |6,00 ± 0,05...
tracking img