Bla bla bla

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1563 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Questão 1
* O produto médio do trabalho, PMeL, é igual a Q/L. O produto marginal do trabalho, PMgL, é igual a ∆Q/ ∆L, isto é, a variação na produção dividida pela variação no insumo trabalho. Para esse processo produtivo, tem-se:

L | Q | PMel | PMgl |
0 | 0 | | |
1 | 10 | 10 | 10 |
2 | 17 | 8,5 | 7 |
3 | 22 | 7,33 | 5 |
4 | 25 | 6,25 | 3 |
5 | 26 | 5,2 | 1 |
6 | 25 | 4,17| -1 |
7 | 23 | 3,29 | -2 |

* Esse processo produtivo apresenta rendimentos decrescentes para o trabalho. O produto marginal do trabalho, que é a produção adicional produzida por cada trabalhador adicional, diminui à medida que mais trabalhadores são contratados, e torna-se negativa para o sexto ou sétimo trabalhadores.

* O produto marginal do trabalho negativo para L > 5 podeocorrer devido ao congestionamento na fábrica de cadeiras. Dado que um número maior de trabalhadores estaria usando a mesma quantidade de capital, seria possível que os trabalhadores se atrapalhassem mutuamente, diminuindo a eficiência e o nível de produção da empresa.

Questão 2
Insumo variável | Produção Total | Produto Físico Marginal | Produto Médio |
0 | 0 | | |
1 | 150 | 150 | 150 |2 | 400 | 250 | 200 |
3 | 600 | 200 | 200 |
4 | 760 | 160 | 190 |
5 | 910 | 150 | 182 |
6 | 900 | -10 | 150 |

Questão 3
Como não há uma função de demanda ajustada, utiliza-se a fórmula da elasticidade arco
Preço | Quantidade | Receita Total | Coeficiente | Elasticidade |
360 | 375 | 135.000 |   |   |
330 | 750 | 247.500 | -7,67 | Elástica |
300 | 877 | 263.100 | -1,64 |Elástica |
270 | 1000 | 270.000 | -1,25 | Elástica |
255 | 1059 | 270.045 | -1,00 | Unitária |
240 | 1117 | 268.080 | -0,88 | Inelástica |
210 | 1200 | 252.000 | -0,54 | Inelástica |
180 | 1246 | 224.280 | -0,24 | Inelástica |

Questão 4
A taxa marginal de substituição técnica é definida como a razão dos produtos marginais. Nesta questão, conhecemos o produto marginal do trabalho e a taxamarginal de substituição técnica. Logo, para determinar o produto marginal do capital, devem-se substituir os valores do produto marginal do trabalho e da taxa marginal de substituição técnica na seguinte fórmula:

PMgl = TMST, ou 50 = ¼, ou PMgk = 200 portas de armários por hora.
PMgk PMgk

Questão 5
Y = 100 + 10X + X2 Pmg = 10 + 2X

Máximo Físico: Pmg =0 10 + 2X = 0 X = 5 Fator
Y = 100 + 10 (5) + (5)2 Y = 125 Produto
L = Y . PY – X . PX
L = 125 (100) – 5 (1500) L = R$ 5.000,00

Máximo Econômico: Pmg = PX = 1500 Pmg = 15
PY 100
10 – 2X = 15 Y = 2,5 Fator
Y = 100 + 10 (2,5) + (2,5)2 Y = 118,75 Produto
L = Y . PY – X . PX
L = 118,75 (100) – 2,5 (1500) L = R$ 8.125,00

Questão 6
* É umbem substituto, indicado pelo sinal positivo do coeficiente py, pois se py aumentar, ocorrerá aumento na quantidade demandada Qx.
* É um bem superior, já que o coeficiente da Renda é positivo, ou seja, aumentando-se a renda, ocorrerá um aumento na quantidade demandada.
* Qx = 5000 – 20(200) + 27(220) + 15(1500) Qx = 29.440
* Não, pois o coeficiente de px é negativo e R é positivo.Para ser um bem de Giffen é necessário que px seja positivo e R negativo.
* Qx = 5000 – 20(250) + 27(220) + 15(1500) Qx = 28.440
Neste caso a demanda cairá em 1.000 m3.
* R = 1.500 x 1,35 = 2.025
Qx = 5.000 – 4.000 + 5.940 + 15 (2.025) Qx – 37.315
Neste caso, a demanda aumentará em 7.875m3.

Questão 7: Discutido em sala de aula.

Questão 8
Em equilíbrio, tem-se que D = S(quantidade demandada é igual a quantidade ofertada)
22.000 – 3.000p = 10.000 + 1.000p
P = R$ 3,00

Qd = 22.000 – 3.000 (3) = 13.000 (quantidade a ser demandada),
Qs = 10.000 + 1.000 (3) = 13.000 (quantidade a ser ofertada).

Caso preço suba para R$ 4,00, tem-se:
Qd = 22.000 – 3.000(4) = 10.000 (quantidade a ser demandada),
Qs = 10.000 – 1.000 (4) = 14.000 (quantidade a ser...
tracking img