Bla bla bla

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1224 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ILOS – Instituto de Logística e Supply Chain Programa: Desenvolvimento de Analistas em Logística e Supply Chain Disciplina: Fundamentos da Logística Empresarial Prof.: Eduardo Magalhães

CASO MAGAZINE CARIOCA (A)*
Texto do Caso
João Pedro já estava acostumado a refletir sobre seu trabalho enquanto dirigia. O seu trajeto diário começava no Ingá, em Niterói, onde morava, e podia seguir para apraia de Botafogo, escritório do Magazine Carioca, ou para a Pavuna, onde ficava o Centro de Distribuição (CD) da empresa. Não era raro ter que visitar o CD na parte da tarde, mesmo depois de iniciar a manhã em Botafogo, de forma que João passava boas horas no trânsito. No engarrafamento, João Pedro analisava sua situação na empresa. Recém promovido a Gerente de Planejamento Logístico, João viviaum misto de satisfação pelo momento na carreira e frustração por achar que certas questões o impediam de realizar o trabalho da forma como gostaria. João Pedro estava na empresa há apenas 3 anos e chegar a gerente tão rápido era um belo feito profissional. Sua promoção era conseqüência do sucesso do projeto “Planejando a Cadeia”, que havia liderado no ano anterior, sob supervisão do, na época,“chefe do seu chefe”, o Diretor de Operações Hélio Coelho. O projeto teve uma equipe mista de Logística, Compras e Lojas, com o objetivo de conciliar os planejamentos de vendas, compras, estoques e capacidade do CD. Após, a promoção, João Pedro passou a responder diretamente ao Diretor Hélio, sem um Gerente Geral como chefe imediato, com a missão de estruturar o conjunto de indicadores de desempenho daárea de Logística da empresa. A Magazine Carioca era uma empresa de moda e vestuário (masculino, feminino e infantil) para as camadas B e C da população, iniciada no Rio de Janeiro, mas em franca expansão para o restante do Sudeste, e mais recentemente, também para o Nordeste do país. Atualmente, contava com 53 lojas de grande porte (~ 2.000 m2 cada) – que faturavam um total de cerca de R$ 1bilhão por ano – e um CD na Pavuna de 12.000 m2 com tecnologia de última geração em movimentação e armazenagem de peças de vestuário, o famoso “Estoque Aéreo”. O CD havia passado por mudança de endereço, ampliação e a adoção do “Estoque Aéreo” recentemente, 6 meses depois da entrada de João na empresa. O projeto, capitaneado pelo Gerente Geral do CD, Guilherme Araújo, havia sido a grande aposta daDireção da empresa para o biênio, mas mostrava sinais ambíguos com relação ao resultado. A meta original da empresa com o projeto era uma redução de custos logísticos de 15% em 2 anos. Em apenas 11 meses, a redução havia atingido 22%, mas a insatisfação das áreas de Compras e Vendas com o serviço do CD para fornecedores e lojas era tema de 9 entre 10 reuniões de Diretoria. Arthur Neves, Diretor deCompras, e Guto Macieira, Gerente Geral de Planejamento Comercial, questionavam incessantemente as prioridades do CD e estavam sempre com uma lista de problemas para apresentar a quem quisesse ouvir, entre eles: antecedência demasiada na alocação dos produtos às lojas, alto índice de falta de produtos em lojas de alto giro, pouca flexibilidade da operação para lidar com sazonalidade e demora no tempoentre a chegada do produto no CD e a chegada na loja. Juntavam-se a eles, os 3 Gerentes Gerais de Loja (RJ, Sudeste e Nordeste), que respondiam a Hélio Coelho e também sabiam que algo estava errado, sem saber muito bem como mostrar o problema. As lojas reclamavam que recebiam muito estoque em início de coleção, tinham problemas para armazenagem e não eram bem atendidas na reposição ao longo dasvendas. A Diretoria da Magazine Carioca era composta, além de Hélio e Arthur, pelo Diretor de TI Leonel Vargas, o Diretor Financeiro Rubens Castro, a Diretora de RH Maria Clara Costa e o Presidente Jorge Ferreira. As reuniões de diretoria vinham perdendo produtividade com o assunto recorrente da relação conflituosa entre Compras e Logística. Na área de Logística, Guilherme focava toda sua...
tracking img