Bizancio - history channel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3808 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO
Governado por líderes de poder absoluto e arquitetos que queriam sobrepujar Roma, os Bizantinos construíam o mais longo aqueduto do mundo, muralhas praticamente inexpugnáveis e uma colossal catedral que desafiava as leis da natureza.
Bizâncio era um estado grego fundado em 600 d.C pelo Bizas. Instalaram-se na região por causa de uma faixa de água que ligava a Ásia a Europa e o MarNegro ao mediterrâneo. Essa faixa de água é o estreito de bósforo que significa “trilha do boi” pela mitologia.
Bizantino hoje significa inútil, velho, mas em 1100 anos o império não foi só o salvador da herança de lei e literatura, como aconteceu o cristianismo e nos deu artesãos, construtores e artistas que iluminaram a renascença e chegaram até o século 21.

2. HISTÓRIA
No século IV oImpério Romano dava sinais claros da queda de seu poder no ocidente, principalmente em função da invasão dos bárbaros (povos germânicos) através de suas fronteiras. Diante disso, o Imperador Constantino transferiu a capital do Império Romano para a cidade oriental de Bizâncio, que passou a ser chamada de Constantinopla. Esta mudança, ao mesmo tempo em que significava a queda do poder no ocidente,tinha o seu lado positivo, pois a localização de Constantinopla, entre o mar Negro e o mar Mediterrâneo, facilitava muito o comércio na região, fato que favoreceu enormemente a restauração da cidade, transformando-a em uma Nova Roma.
Em novembro de 324 d.c após duas décadas de feroz guerra cível o imperador Constantino conseguiu finalmente o controle de todo o império Romano. Era um líder de visãobrilhante, estrategista e não tolerava limites.
O império era dividido em dois, Roma e Constantinopla, entretanto Constantino reunificou o vasto império e governou bem as duas metades. Era um político muito astuto e encarou o problema de administrar o enorme império.
Seis semanas após subir ao trono Constantino viajou para a ponta do império, um local remoto da Turquia de hoje, e traçou com aespada a planta da cidade, na terra. Desse esboço nasceu uma cidade esplendorosa no centro de um grande novo império, a capital ficaria conhecida como Constantinopla, cidade de Constantino.
Ele de fato mudou o centro do império romano e fundou um novo centro. Deixou a Roma e suas velhas rivalidades, brigas internas e interesses, tal para criar algo novo, que ele podia moldar.
O Governo deConstantino seria marcado por uma distinção diferentemente dos antecessores ele se aliaria a outro grande líder, Jesus Cristo. O Cristianismo realmente crescera, havia muitos cristões no império e só reconhecer tal presença já era boa politica.
Não contente com a quantidade de habitantes o imperador usou artifícios para atrair novos moradores. Primeiro nomeou a cidade e segundo, ao estilo dosimperadores, refez tudo.
Constantinopla havia crescido e apesar de existir muita água ao redor do império não havia nenhuma gota para beber, a cidade agonizava de sede. Os sucessores de Constantino tiveram que desenvolver um sistema muito maior que o de Roma para manter viva a cidade. O que eles constituíram foi uma das maiores façanhas de engenharia do mundo antigo, um Aqueduto. A tarefa coube a umambicioso imperador chamado Valens.
No fim do século quinto a população de Constantinopla chegou perto de meio milhão. Nenhuma cidade ocidental chegou perto disso. Mas longe dali, das estepes da Mongólia viria uma onda que afogaria a Europa, essa onda era comandada por um homem chamado Átila, cujo exercito logo chegaria às portas de Constantinopla.
Átila pretendia invadi-la, entretanto, sempreque avistava a muralha percebia que aquele sistema de defesa era impossível deter.
Quase todas as rotas de comercio faziam ponto na cidade. Riquezas de países longínquos como o Egito, China e Rússia passavam pela capital bizantina no caminho para o Ocidente, mas com tanto dinheiro e riqueza os inimigos começaram a devastar a periferia em busca de migalhas.
A capital resplandecia, mas o império...
tracking img