Bitty browser

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1523 palavras )
  • Download(s) : 1
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sinopse
São Paulo, em uma escola qualquer um garoto tenta entender as meninas, mas nisso ele descobri que nada é do jeito que ele quer e as vezes que é melhor manter a boca fechada, pois o velho ditado já dizia, em boca fechada não entra mosca.
Vamos conhecer a história de Stuart Silva, um garoto totalmente maluco (Stuart: Hey eu não sou completamente maluco) (Yuri: Calado Pseudo eu te crieientão decido se é ou não maluco) (Stuart: #Lê jogando sapato) (Yuri: #Lê desviando do sapato) que decide entender as garotas, mas nisso ele descobrirá uma paixão, descobrirá também como é odiar e como é ser odiado.
Não denunciem porque não é plagio eu e a autora Melissa Luz escrevíamos juntos mais por uma serie de impasses decidimos nos separar e continuar a fic cada um do seu jeito. Boa leitura.Nota: Personagens mantidos com mesmo nome: Stuart, Cath, Poço, Bernardo, Cristina (N/a: O especial vai ser repostado com algumas modificações) e PPJH. (N/a: Por enquanto)
Personagens mantidos, mas com nome modificado: Annelise (Mãe do Stuart. Ex Lyra) e Reginaldo (Pai do Stuart. Ex Gary) e Aristóteles (Poço. Ex Genislau mesmo me partindo o coração adorava esse nome kkkkk).
Stuart
Meu nome éStuart Silva. Eu sou um garoto de 16 anos, como qualquer outro, tenho vícios, manias e ambições. Meus vícios são: Queijo, Chocolate e Internet. Minhas manias são: Roer unhas, ser rejeitado amorosamente e subir escadas correndo, não me perguntem por que. Minhas ambições: Ser dono de um fabrica de queijo, de uma fabrica de chocolate e entender as garotas por que todos nós já nos perguntamos quementende as garotas não? Eu tenho muitas amigas, mas uma em especial me ajuda com tudo, eu gosto dela isso é fato, só não conte para ela, o nome dela é Catherine, uma ruivinha de 15 anos, ela entrou esse ano na minha escola, na minha sala e na minha vida. Também tenho uma família (Yuri: Áva) (Stuart: Calado) meu pai, Reginaldo, 38 anos, é alto e forte, moreno de olhos e cabelos negros, minha mãe,Annelise, 37 anos, não é muito alta, é bem bonita com olhos castanhos claros e cabelos negros, minha irmã mais velha, Cristina, 19 anos, é uma cópia exata da minha mãe só que ela é chata, ela namora com um cara que estudou com ela, o nome dele é Pedro Paulo Jorge Henrique (Yuri: Maldito nome, ainda bem que o mantive) e por ultimo, mas não menos importante, Bernardo meu irmão caçula, ele tem 6 anos é um“eu” menor. Mas vamos começar a contar a minha história.
No inicio do ano eu voltei de férias como todas às vezes fiz, mas pressentia que dessa vez seria diferente senti um furor ascendente dentro de mim, assim que entrei na escola fui atrás do meu melhor amigo Poço, o seu nome era Aristóteles mais ele detestava esse nome e como ele era conhecedor de cada buraco que existia na escola todos ochamavam de Poço, logo o encontrei estava mais alto e tinha cortado o cabelo que era castanho escuro, ele estava uns cinco centímetros mais alto que eu.
- Poço grande amigo como foram as férias? Muitas novidades? – Disse sorrindo já o cumprimentando.
- Foram terríveis maninho, tive de ir a casa da minha tia-avó a velha ta ficando gagá eu juro doidinha da silva... – Começou mais o interrompi.
- Hey jávai começar a falar de família? Isso é contra as regras ein. – Disse rindo da cara dele.
- Respira poço respira ele ainda não pode morrer, continuando, ela esta ficando meio biruta, mas continua cozinhando feito um mestre cuca, a novidades tenho uma entrou uma ruivinha muito bonita na nossa sala acabei de vê-la perdida procurando a cantina, bom vou indo tenho uns assuntos pra resolver. – Disseele saindo, eu sabia exatamente aonde ele iria, mas por enquanto é segredo. Então havia entrado uma menina nova na sala e como é o meu dever como representante da turma recepcionar os alunos novos, o que é um saco, fui ver se a encontrava em algum lugar, continuei andando com meus pensamentos iria ir falar com a vice-diretora pra ela me apresentar a nova aluna e eu poder mostrá-la a escola, eu...
tracking img