Biossegurança e profissionais em nutrição

É o conjunto de ações destinadas a prevenir, controlar, diminuir ou eliminar riscos inerentes às atividades que possam comprometer a saúde humana, em virtude da adoção de novas tecnologias e fatoresde risco a que estamos expostos. A Biossegurança em Saúde contribui substancialmente para a qualidade, promoção e proteção a saúde, assegurados nos princípios básicos do SUS e as políticasgovernamentais do Mais saúde.
É um conjunto procedimentos e estudos de relevante importância nos serviços de saúde, que visam não apenas abordar medidas de controle de infecções para proteger os funcionáriosque prestam assistência e os usuários em saúde, mas também por desempenharem papel fundamental na comunidade onde atua da promoção da consciência sanitária, da importância da preservação ambiental comrelação à manipulação e descarte de resíduos químicos, tóxicos e potencialmente infectantes, e também, da diminuição, de um modo geral, de riscos à saúde e acidentes ocupacionais. Este é um processoque há conclusão em sua terminologia, ou seja, é um processo progressivo, que sempre deve ser atualizado e supervisionado.

O Ministério da Saúde desempenha suas atribuições na área de biossegurançacomo autoridade nacional em relação ao Protocolo de Cartagena - primeiro acordo firmado na Convenção sobre Diversidade Biológica, que visa assegurar um nível adequado de proteção no campo datransferência, manipulação e do uso seguro dos organismos vivos modificados.

Dentre as diversas atividades relacionadas à biossegurança, o ministério da Saúde:
- integra a Comissão Técnica Nacional deBiossegurança (CTNBio), que trata de biossegurança de Organismos Geneticamente Modificados (OGMs);
- faz parte do Grupo de Trabalho Interministerial, que estuda os efeitos na saúde humana e meio ambientedos OGMs;
- integra o Grupo de Trabalho, do Ministério da Ciência e Tecnologia, que trata da convenção para a proibição de Armas Biológicas e para elaborar e propor o marco legal da biosseguridade...
tracking img