Bioquimica ambiental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1634 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade do Sul de Santa Catarina – Unisul
Campus Virtual


|[pic] |Atividade de Avaliação a Distância |


Disciplina: Bioquímica Ambiental
Curso: Gestão Ambiental
Professor: MARCOS DE OLIVEIRA MACHADO
Nome do aluno: Marcio Joel Engel
Data: 14/02/2012


Orientações:
▪Procure o professor sempre que tiver dúvidas.
▪ Entregue a atividade no prazo estipulado.
▪ Esta atividade é obrigatória e fará parte da sua média final.
▪ Encaminhe a atividade via Espaço UnisulVirtual de Aprendizagem (EVA).

Leia com atenção os enunciados e responda as questões a seguir.

1. Considerando alguns efluentes industriais, tais como os gerados porfrigoríficos de suínos, produção de farinha de mandioca, papel e celulose e esgoto sanitário, identifique quais as macromoléculas que fazem parte da constituição desses efluentes. Para a identificação, realize a partir do conhecimento da matéria prima utilizada em cada processo e também pelos parâmetros utilizados para caracterização do efluente. (3,0 pontos)


• Em indústrias de papel e celulose(Klabin-PR) concentrações variadas de ligninas são acrescentadas aos efluentes ao longo do processo e também fenol, p-toluenosulfonato,, dois pontos de extrações de ligninas são importantes, as fases de polpação e do branqueamento. Os efluentes gerados na polpação química contêm sólidos em suspensão e materiais orgânicos dissolvidos, compostos ligno-celulósicos. Quando se utiliza o ozônio à cargapoluidora é menor, comparada aos processos de cloração. Porém, derivados de ligninas e carboidratos são liberados e considerados de elevada toxicidade ao meio ambiente.
Lignina é um dos principais componentes da madeira, sua estrutura é difícil de ser caracterizada em razão de sua complexa formação baseada em unidades fenilpropanóicas interligadas por diferentes tipos de ligação como tambémpelas modificações estruturais que sofre durante o processo de separação da parede celular. É um dos principais componentes dos tecidos de gimnospermas e angiospermas, ocorrendo em vegetais e tecidos vasculares, apresenta um papel importante no transporte de água, nutrientes e metabólitos, sendo responsável pela resistência mecânica de vegetais.
• Os esgotos são compostos por constituintesfísicos, químicos e biológicos.
Desde que não haja significativa contribuição de despejos industriais a composição do
esgoto doméstico ou sanitário é razoavelmente constante. Estes efluentes contem
aproximadamente 99,9% de água, e apenas 0,1% de sólidos.
É devido a essa fração de sólidos que ocorrem os problemas de poluição nas
águas, trazendo a necessidade dotratamento. A fração inorgânica dos efluentes
corresponde a 30% da quantidade de matéria sólida existente. Seus principais componentes
são os detritos minerais pesados, sais e metais.
As proteínas, devido a sua complexidade, constituem fator limitante para o tratamento biológico de águas residuárias. Um sistema de tratamento mais eficiente pode estar diretamente relacionado com aconcentração de proteína. Concentrações relativas destas substâncias, geralmente acima de 300 mg.L-1, causam problemas durante o tratamento anaeróbio (Vidal et al, 2000; Tommaso et al, 2002). Estas macromoléculas são as responsáveis por problemas na cinética de degradação e Demanda Química de Oxigênio (DQO) remanescente em reatores anaeróbios que tratam, principalmente, efluentes de indústria delacticínio e esgoto sanitário (Torres, 1992; Gadelha, 2000; Tommaso et al 2002).
• Uma análise das características dos despejos de frigoríficos não é tarefa simples. Devido a muitos fatores operacionais é difícil caracterizar uma instalação típica e seus despejos. Os despejos de matadouros e frigoríficos possuem valores altos de DBO, sólidos em suspensão, material flotável e graxas,...
tracking img