Biomedico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1501 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
V Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica 26 a 29 de outubro de 2010

ISBN 978-85-61091-69-9

AS AÇÕES DO ÁLCOOL NO SISTEMA NERVOSO CENTRAL DO DEPENDENTE QUÍMICO
Roseane Pracz¹, Cristina Silveira Moraes dos Santos1, Rommy Karina Treichel Pinheiro1, Sandra Cristina Catelan-Mainardes2
RESUMO: A presente pesquisa teve por objetivo investigar qual é a ação do álcool no sistemanervoso central do dependente químico. Dessa forma, por meio de profundo estudo a diversas literaturas esmiuçou-se, as inscrições teóricas acerca dos efeitos fisiológicos do álcool no organismo humano, para tentar compreender o comportamento do dependente. Utilizou-se como fonte de coleta de dados o estudo a livros, artigos científicos, sites especializados. O cabedal científico foi estruturado cominvestigação de diversos livros reunindo várias áreas da ciência que colaboram para maior compreensão da dependência química, foram utilizados materiais de neurologia, psicofarmacologia, psiquiatria, farmacocinética, farmacodinâmica, processos psicológicos e transtornos adjuntos da ação do álcool no sistema nervoso central. Por meio dessa análise houve a obtenção de resultados comprobatórios que oálcool é uma praxe nefasta à sociedade, a cultura, às famílias, e principalmente ao aparato orgânico, neuronal, mental, psicológico dos indivíduos que permanecem ligados a dependência, acarretando por conseqüência muitas doenças.

PALAVRAS-CHAVE: álcool; comorbidade; dependência.

1

INTRODUÇÃO

Estudos realizados demonstram que um terço das pessoas com alcoolismo tem pelo menos pai ou mãealcoolista. A dependência alcoólica que se arregimenta ao uso experimental, seria a iniciação ao uso da droga, no qual, o indivíduo, experimenta a bebida por curiosidade para detectar qual é seu efeito. Não existe um padrão regular de uso, mesmo assim, oferece danos significativos, uma vez que desencadeia a perca de lucidez intelectual, pode acarretar ao sujeito, acidentes fatais. O uso ocasionalapresentase quando o sujeito faz uso do álcool, em situações pré-determinadas, tornando-se um ”bebedor social” delimitando um padrão de uso permanente, em festas, aos fins de semana. A quantidade da substância tende a aumentar. O uso regular, neste estágio o indivíduo faz uso do álcool constantemente, quando se sente reforçado com os efeitos desejados, ocorrendo mudanças no humor, o sujeitomostra-se desinibido, e apresenta facilidade nas trocas verbais e afetivas, chegando a ponto de agir de forma totalmente contrária a seus padrões comportamentais. O uso circunstancial permanece aquele em que o indivíduo utiliza o álcool com a finalidade de obter os efeitos que deseja, julgando realmente, precisar da droga para enfrentar as situações. O uso compulsivo: neste

1

Acadêmicas do Curso dePsicologia do Centro Universitário de Maringá- Cesumar, Maringá-Paraná. roseanepp@hotmail.com; cris.silveirasantos@hotmail.com; ka.pinheiro@hotmail.com 2 Orientadora, docente do Curso de Psicologia do Centro Universitário de Maringá- Cesumar. catelan@cesumar.br

Anais Eletrônico
V Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica CESUMAR – Centro Universitário de Maringá Maringá - Paraná estágio o usuário de drogas psicoativas passa a consumi-las intensamente, e em enormes quantidades ( WASHTON, 2009). Cinqüenta por cento das pessoas com alcoolismo tem pelo menos outro membro da família com essa doença. Aqueles com história familiar têm um curso de doença mais grave do que os sem história. Se o pai ou a mãe é alcoolista, um filho tem 25% de chance de ter a doença. Se ambos são, orisco dobra para 50%. O álcool é a droga psicoativa mais utilizada no mundo (GITLOW, 2008). Logo após a ingestão de bebidas alcoólicas, surgem seus efeitos estimulantes, como euforia, desinibição e desembaraço. Segue-se, com o passar do tempo, efeitos depressores, como falta de coordenação motora, descontrole e sonolência. Quando há o consumo exagerado, o efeito depressor é exacerbado, podendo...
tracking img