Biologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2391 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1

2

Concordo plenamente com o artigo "Revolucione a sala de aula". É preciso que valorizemos o ser humano, seja ele estudante, seja professor. Acredito na importância de aprender a respeitar nossos limites e superá-los, quando possível, o que será mais fácil se pudermos desenvolver a capacidade de relacionamento em sala de aula. Como arquiteta, concordo com a postura de valorização doindivíduo, em qualquer situação: se procurarmos uma relação de respeito e colaboração, seguramente estaremos criando a base sólida de uma vida melhor.

Tania Bertoluci de Souza Porto Alegre, RS

Disponível em: . Acesso em: 2 maio 2009 (com adaptações).

Em uma sociedade letrada como a nossa, são construídos textos diversos para dar conta das necessidades cotidianas de comunicação. Assim, parautilizar-se de algum gênero textual, é preciso que conheçamos os seus elementos. A carta de leitor é um gênero textual que

(A)

apresenta sua estrutura por parágrafos, organizado pela tipologia da ordem da injunção (comando) e estilo de linguagem com alto grau de formalidade.

(B)

se inscreve em uma categoria cujo objetivo é o de descrever os assuntos e temas que circularam nos jornais erevistas do país semanalmente.

(C)

se organiza por uma estrutura de elementos bastante flexível em que o locutor encaminha a ampliação dos temas tratados para o veículo de comunicação.

(D)

se constitui por um estilo caracterizado pelo uso da variedade não-padrão da língua e tema construído por fatos políticos.

(E)

se organiza em torno de um tema, de um estilo e em forma deparagrafação, representando, em conjunto, as ideias e opiniões de locutores que interagem diretamente com o veículo de comunicação.

3

José Dias precisa sair de sua casa e chegar até o trabalho, conforme mostra o Quadro 1. Ele vai de ônibus e pega três linhas: 1) de sua casa até o terminal de integração entre a zona norte e a zona central; 2) deste terminal até outro entre as zonas central e sul;3) deste último terminal até onde trabalha. Sabe-se que há uma correspondência numérica, nominal e cromática das linhas que José toma, conforme o Quadro 2.

Quadro 1 ZONA NORTE (CASA) ZONA CENTRAL ZONA SUL (TRABALHO) Linha 100 Linha 101 Linha 102

Quadro 2 Circular zona sul Circular zona central Circular zona norte Linha Amarela Linha Vermelha Linha Azul

José Dias deverá, então, tomar aseguinte sequência de linhas de ônibus, para ir de casa ao trabalho: (A) (B) (C) (D) (E) L. 102 – Circular zona central – L. Vermelha. L. Azul – L. 101 – Circular zona norte. Circular zona norte – L. Vermelha – L. 100. L. 100 – Circular zona central – L. Azul. L. Amarela – L. 102 – Circular zona sul.

4

Figura 1
Disponível em: . Acesso em: 24 abr. 2009.

Figura 2
Disponível em: . Acesso em:30 abr. 2009.

Comparando as figuras, que apresentam mobiliários de épocas diferentes, ou seja, a figura 1 corresponde a um projeto elaborado por Fernando e Humberto Campana e a figura 2, a um mobiliário do reinado de D. João VI, pode-se afirmar que (A) os materiais e as ferramentas usados na confecção do mobiliário de Fernando e Humberto Campana, assim como os materiais e as ferramentasutilizados na confecção do mobiliário do reinado de D. João VI, determinaram a estética das cadeiras. (B) as formas predominantes no mobiliário de Fernando e Humberto Campana são complexas, enquanto que as formas do mobiliário do reinado de D. João VI são simples, geométricas e elásticas. (C) (D) o artesanato é o atual processo de criação de mobiliários empregado por Fernando e Humberto Campana,enquanto que o mobiliário do reinado de D. João VI foi industrial. ao longo do tempo, desde o reinado de D. João VI, o mobiliário foi se adaptando consoante as necessidades humanas, a capacidade técnica e a sensibilidade estética de uma sociedade. (E) o mobiliário de Fernando e Humberto Campana, ao contrário daquele do reinado de D. João VI, considera primordialmente o conforto que a cadeira pode...
tracking img