Biologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1518 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

O Romantismo teve início, em Portugal, com o poema Camões, de Almeida Garrett, publicado em 1825. Durante seu transcorrer, cultivaram-se a poesia, o conto, a novela, o romance, historiografia e o teatro. Ocorreram o aparecimento do jornalismo e o prestígio da Oratória. A poesia apresentou os seguintes nomes principais: Garrett, Castilho, Herculano, Soares de Passos e João de Deus.No conto, salientaram-se Herculano e Rebelo da Silva. Na novela, Camilo Castelo Branco. No romance, Júlio Dinis. No teatro, Garret.

A PRIMEIRA GERAÇÃO ROMÂNTICA

Almeida Garret, de vida aventuresca e movimentada, parece, à primeira vista, encarnar a própria mentalidade romântica, inclusive pelo modo meio escandaloso de vestir-se. A sua obra apresenta grande variedade, resultante dotemperamento inquieto e dos muitos talentos que possuía. Em poesia, publicou Flores sem Fruto (1845), Folhas Caídas (1853) etc., em que exprime todo o seu dom-joanismo, por vezes tingido duma teatralidade sincera. Ao mesmo tempo, atribuiu aos versos uma naturalidade próxima do falar cotidiano. Em prosa, escreveu o Arco de Santana (1847-1850), romance histórico, e as Viagens na Minha Terra (1843-1845), obraem que se misturam o relato jornalístico, a literatura de viagens e a história de amor da Joaninha dos Olhos Verdes. Aqui também se estampa seu aspecto romântico, expresso numa linguagem fluente, fácil, direta e vibrante. Para o teatro, criou uma das obras-primas de toda a dramaturgia portuguesa: Frei Luís de Sousa (1843). O entrecho da peça, transcorrido no século XVII, gravita em torno da vida deManuel de Sousa Coutinho, casado com Madalena de Vilhena, viúva de D. João de Portugal, tido como desaparecido na África com D. Sebastião. A certa altura, porém, o marido de Madalena de Vilhena ressurge, na pessoa do Peregrino vindo de Jerusalém, e obriga o casal a abraçar o sacerdócio, ele como frei Luís de Sousa. Com tal argumento histórico, Garrett arquitetou uma autêntica tragédia clássica. Ofato não deve causar surpresa, pois a formação do teatrólogo tinha-se dado dentro do Arcadismo, o que ainda se nota em suas obras menores, que refletem claramente a moda neoclássica do século XVIII.

Alexandre Herculano de Araújo cultivou a poesia, o conto, o romance, o ensaio e a historiografia. Como poeta, alcançou somente notas medianas, por falta de maior sensibilidade. Em compensação, comoficcionista tornou-se um dos mais importantes da primeira época romântica. Os seus contos, reunidos em Lendas e Narrativas (1839-1844), tratam quase todos de temas históricos medievais. Igualmente de caráter histórico são os romances: O Monge de Cister (1841), Eurico, o Presbítero (1843), enfeixados sob o título de O Monasticon, e O Bobo (1843). Giram em torno de temas extraídos da história daIdade Média, ora focalizando a luta entre cristãos e mouros no século VIII (Eurico, o Presbítero), ora uma questão de honra durante o reinado de D. João I, ou seja, fins do século XIV e princípios do XV (O Monge de Cister), ora o despertar da nacionalidade portuguesa, no século XII (O Bobo). Misturando o fato verdadeiro e a fantasia, tais obras estão vazadas num estilo clássico, solene, oposto ao deGarrett. No conjunto da produção de Herculano, provavelmente a historiografia seja mais valiosa que a prosa de ficção. Assim, utilizando vasta e rigorosa erudição, baseada em documentos interpretados segundo critérios científicos, Herculano veio a ser o reformador da historiografia e o introdutor de novos métodos de compreensão histórica em Portugal.

Completando a tríade da primeira geraçãoromântica em Portugal, Antônio Feliciano de Castilho, embora quase cego desde os seis anos de idade, prosseguiu os estudos, sobretudo dos poetas latinos, e diplomou-se em Cânones pela Universidade de Coimbra. Suas primeiras composições seguem severa contextura clássica; pouco depois, porém, mantendo alto o padrão lingüístico, aderiu ao Romantismo com A Noite do Castelo (1836) e Ciúmes de Bardo...
tracking img