Biologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1503 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA
CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO

Estudos Sociais Econômicos e Ambientais I

Bianca Amado RA: 4207797130Juliana Apolinário RA:4204785224
Hugo Costa RA: 3776742782
Júlia Azevedo Pousada RA: 4826917888Nathália Sarmento RA:3730721935



NITERÓI
2012

Petroquímico do Rio de Janeiro (COMPERJ) é considerado, pela Petrobras, o maior investimento individual da história da empresa, fruto de avanços tecnológicos que possibilitaram a utilização do petróleo pesado da Bacia de Campos como matéria-prima para aindústria de petróleo nacional, substituindo a importação de produtos petroquímicos essenciais e gerando uma economia superior a R$ 4 bilhões anuais para o país. Os US$ 8,38 bilhões de dólares inicialmente previstos para o empreendimento irão transformar diretamente uma área de 45 milhões de metros quadrados na parte norte do município de Itaboraí, além de afetar outros municípios da região a partirdos investimentos em infraestrutura (instalação de dutos, construção de estradas, porto, etc.) necessários para o escoamento dos derivados processados no complexo petroquímico. Contempla a construção de uma unidade de refino com capacidade de processamento de 165 mil barris de petróleo por dia. Inicialmente, está prevista a utilização do petróleo pesado do Campo de Marlim, localizado na Bacia deCampos, no norte do Estado do Rio de Janeiro. Além da unidade de refino, serão construídas uma unidade de petroquímicos básicos de primeira geração e seis unidades de petroquímicos de segunda geração. Empresas de terceira geração que serão atraídas pelo complexo irão transformar os produtos petroquímicos de segunda geração em bens de consumo, tais como: componentes para as indústriasautomobilística e de eletrodomésticos, materiais cirúrgicos, embalagens, tintas, ceras, dentre outros. De acordo com estudos realizados a pedido da Federação das Indústrias do Estado - FIRJAN foram elaborados dois cenários de atração de empresas de 3ª Geração. No cenário conservador estima-se em 362 o número de empresas se instalando na área de influência do empreendimento com uma geração de 15 mil novosempregos diretos nestas indústrias. Já no cenário otimista estima-se em 724 novas indústrias do setor de material plástico no estado gerando 31 mil empregos diretos nestas indústrias.No cenário otimista para a implantação das indústrias do setor plástico a geração de valor adicionado é de cerca de R$ 13 bilhões, mantendo-se praticamente inalteradas as participações percentuais. A concretização dessasestimativas poderá representar, para o ano de 2015, o equivalente a 37% do PIB da Região de influência Direta no Cenário Conservador, subindo para 39% no Cenário Otimista.
Devido a construção da BR-101, Itaboraí houve um crescimento populacional com isso houve um maior investimento do ramo imobiliário para atender à crescente demanda, gerando de acordo com as nossas pesquisas taxaselevadas de urbanização: de 21% em 1970 para 95% em 2000, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Itaboraí tem maior concentração de pessoas jovens e economicamente produtivas (e reprodutivas) e crianças. Em grande parte, os menores de 19 anos nascidos no município são fruto do processo migratório, o que confirma a hipótese de que este influenciou a distribuição...
tracking img