Biologia universidade estacio de sa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2857 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
GENÉTICA:
TERAPIA GÊNICA







Professor Orientador: João Batista Barbosa













CAMPOS DOS GOYTACAZES
2013
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 2
2 GENÉTICA/TERAPIA GÊNICA 3
3 COMO OCORREM OS PROCESSOS 5
4 TIPOS DE TERAPIA 6
5 MÉTODOS DE TERAPIA GÊNICA 6
6 VETORES DA TERAPIA GÊNICA 7
6.1 VÍRUS 7
6.2 RETROVÍRUS 7
6.3 ADENOVÍRUS 8
6.4 VÍRUSADENO-ASSOCIADOS 9
6.5 PESEUDOTIPAGEM DA PROTEÍNA DE ENVELOPE DE VETORES VIRAIS 10
6.6 MÉTODOS NÃO VIRAIS 10
6.7 DNA DESPIDO 11
6.8 OLIGODESOXINUCLEÓTIDAS 11
6.9 LIPOPLEXOS E POLIPLEXOS 11
6.10 MÉTODOS HÍBRIDOS 12
7 ALGUNS DOS PROBLEMAS QUE A TERAPIA GÊNICA INCLUI 12
8 CONSIDERAÇÕES FINAIS 13
9 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 14


INTRODUÇÃO

A terapiagênica é a introdução de um gene em tecido somático cujo produto pode aliviar o defeito causado pela perda ou mal funcionamento de um gene vital ou de seu respectivo produto. Para o sucesso da terapia gênica, é necessário dois importantes fatores, que não ocorram efeitos indesejáveis e que se mantenha a produção em níveis desejáveis do produto do gene introduzido.
A terapia gênica tem seexpandido, podendo ser empregada em males como o câncer, AIDS e doenças neurológicas, como mal de Parkinson e de Alzheimer entre outros.
Para transferir o gene terapêutico para o tecido alvo é preciso um sistema vetor capaz de conduzir esses genes para dentro das células. Existe uma variedade de sistemas vetores, podendo ser físicos, químicos e biológicos. O estudo desses sistemas elucida asvantagens e desvantagens de cada um deles, bem como as indicações preferenciais dos vetores para esta ou aquela doença.
Entre os vetores físicos ou químicos temos a injeção direta de DNA a expressão de genes introduzidos por esses métodos dura por um período; Já os sistemas vetores biológicos são baseados na infecção de células por vírus, esses sistemas são divididos em duas classes: Osretroviros e os adenovirus. Os vetores retrovirais são mais explorados devido a sua capacidade de se integrar ao cromossomo da célula infectada e consequentemente de manter os níveis de expressão dos genes terapêuticos.


















GENÉTICA
TERAPIA GÊNICA



O objetivo deste trabalho é conhecer a terapia gênica, seus objetivos, seus métodos, os tipos de terapia, amaneira que é feita e os caminhos usados.


Na década de 80, avanços na biologia molecular já permitiam que os genes humanos fossem seqüenciados e clonados. Cientistas que procuravam por um método para facilitar a produção de proteínas, como insulina pesquisaram a introdução de genes humanos no DNA de bactérias . As bactérias geneticamente modificadas passaram, então, a produzir a proteínacorrespondente, que podia ser recolhida e injetada em pessoas que não a podiam produzir naturalmente.


A terapia genética é a inserção de genes nas células e tecidos de um indivíduo para o tratamento de uma doença; em especial, doenças hereditárias. A terapia genética visa a suplementar com alelos funcionais aqueles que são defeituosos. Embora a tecnologia ainda esteja em seu estágioinicial, tem sido usada com algum sucesso.
[pic]
Transferência de material genético para dentro das células de um indivíduo com o objetivo de conferir um benefício terapêutico (Fonte: Google Acadêmico).





Em 14 se setembro de 1990 pesquisadores do National Institutes of Health, nos Estados Unidos, realizaram a primeira terapia genética autorizada em Ashant de silva, de4 anos de idade.Nascida com uma rara doença genética chamada imunodeficiência combinada grave, ela não tinha um sistema imunológico saudável, e era vulnerável a todos os germes com que tivesse contato. Crianças com essa doença geralmente desenvolvem muitas infecções e raramente sobrevivem a idade adulta.


Na terapia genética realizada em Ashanti, os médicos recolheram glóbulos brancos...
tracking img