Biologia sem roles

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1546 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1- Tartaruga-das-galápagos-de-pinta (Geochelone nigra abingdoni)



- Existe apenas 1 (um) desses vivo.

- Essa é uma das subespécies das tartarugas gigantes de galápagos, e a mais diferente delas com seu longo pescoço.



“Omnomnomnomnom“



- A tartaruga chama-se George, o solitário, e tem mais de 130 anos.

- Apesar da idade, George é saudável. Ele e seu estranho pescoço decobra.



George foi encontrado por acaso enquanto um biólogo, Joseph Vagvolgyi, estava procurando por cabras nas Ilhas Pinta, em 1971. Desde essa data, diversas tentativas de reproduzir George com tartarugas da “Ilha Isabela” (vizinha da Ilha Pinta) foram feitas, e nenhuma ainda teve êxito.



George de boa na lagoa.

Porém, na Ilha Isabela, existem 2000 tartarugas, e estima-se que algumadelas carregue o gene necessário para que um cruzamento entre ela e George resulte em uma “Tartaruga-dos-galápagos-de-pinta” pura.



2- Lince-ibérico (Lynx pardinus)



- Ele é o único grande felino em perigo de extinção atualmente.

- Tem cara de gato, mas porte bem maior. O padrão de cor de um leopardo também ajuda um pouco a diferenciar ele de um gato normal.



Cavanhaque nasorelhas significa que você é o cara.



- É natural da Espanha e tem cerca de 70cm de altura.

- Uma das causas do desaparecimento é que os linces sempre caiam nas armadilhas feitas para caçar coelhos.



Depois desse fiasco dos caçadores de coelhos e lebres da Espanha que deixavam armadilhas overpower para caçar coelhos e acabavam matando linces, o Governo Espanhol vetou esse tipo decaça, mas não adiantou muito depois da merda feita.



WTF is that?

Em 2005 o número total de linces-ibéricos não passava de 100 indivíduos barbudos, mas em 2006 um milagre aconteceu. Nasceram 3 linces-ibéricos em cativeiro, e a esperança de multiplicar esse número em cativeiro aumentou.





3- Golfinho-lacustre-chinês (Lipotes vexillifer)



- Existe não mais que 10 indivíduos dessaespécie.

- Lipotes (do nome científico) significa “deixado para trás”.



Não repare nos pneuzinhos, ele está de dieta agora.



- É um dos mamíferos que mais perigam de entrar em extinção. Se você faltou à aula de Biologia, golfinhos são mamíferos, ok?

- Ele era considerado extinto até 2007, quando um morador o avistou e filmou com o celular.



Ação de ONGs para acabar com amatança.

Caso essa espécie de golfinho venha a entrar em extinção, vai ser registrada como a primeira extinção como resultado da ação direta (e não indireta) do homem, já que ele sofre por causa das pescas abusivas e poluição.



Antes era bonito tirar foto assim…

Não me pergunte o porque vai ser registrado como primeira, pois várias outras espécies entraram em extinção por causa do homem.Eu também não entendo o motivo, mas dizem que foi por conta de construção de usinas bem no seu habitát natural, o que também não faz sentido dizer que vai ser o primeiro. Mas enfim, do que sabe um blogueiro?

4- Coelho asiático (Caprolagus hispidus)



- Ele só é encontrado no Himalaia, Nepal, e outros lugares de fácil acesso.

- Junto com o golfinho, é um dos mamíferos que mais corremrisco de extinção.



Ele não tem cara de entediado?



- Ele tem uma cara engraçada: esquilo + coelho + marmota?

- Ele acaba com a crença popular que um coelho deve ter pernas longa e orelha grande.



Até 1964 ele era considerado extinto, até que um foi visto dando um rolê no Himalaia. Depois disso, biólogos do mundo inteiro fizeram uma busca frenética por esse coelhinho estranho, eacharam cerca de 100 dessa espécie.



Essa seria uma boa notícia, mas algo imprevisto aconteceu. Esses coelhos não se adaptam à vida de cativeiro e por isso não conseguem se reproduzir com a assistência do homem. Talvez porque tenham vergonha de outra parte do corpo que também não é longa o suficiente.



5- Búfalo-da-água (Bubalus mindorensis)



- É o búfalo mais estaile que...
tracking img