Biogrfia gilson kleina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (292 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Iniciou sua carreira como auxiliar técnico de Abel Braga, no Coritiba, noOlympique de Marselha, no Atlético-MG e no Botafogo.
Já treinou vários clubes como: VillaNova, Iraty, Criciúma, Paraná Clube;Caldense, Cianorte, Paysandu, Coruripe, onde conquistou seu único título, o de Campeão alagoano de 2006, Gama; Sampaio Corrêa; Ipatinga, Caxias e ultimamenteesteve no Vila Nova, Duque de Caxias, Boavista e Ipatinga.
No Duque de Caxias, recuperou o clube de situações ruins e foi ídolo da torcida do tricolor da Baixada Fluminense.Posteriormente, assumiu em 2010 o comando da Ponte Preta, equipe deCampinas, cidade localizada no interior do estado de São Paulo.
Em março de 2011, chegou a ser anunciado comonovo comandante doFluminense[1], mas recusou o convite e continuou no clube campineiro.
No dia 19 de novembro de 2011, levou a Ponte Preta de volta a Série A doBrasileirão, após6 anos, em um jogo ganho por 4 x 1 diante da equipe do ABC de Natal em Campinas.
No ano seguinte, levou a Ponte Preta às semifinais do Campeonato Paulista e ia apresentandotambém um bom desempenho na Série A do Campeonato Brasileiro, o que despertou o interesse do Palmeiras na sua contratação.
Em setembro de 2012, assinou contrato com o Palmeiras, emsubstituição aFelipão, ídolo de grande parte da torcida palmeirense, ex-técnico da Seleção Brasileira de Futebol e vencedor, dentre muitos títulos, da Copa do Mundo de 2002.Kleina veio para tentar evitar o rebaixamento do tradicional clube paulista para aSérie B do Brasileiro. Ao assumir o comando do alviverde, o clube encontrava-se na penúltimacolocação do Campeonato Brasileiro, com apenas 20 pontos conquistados em 25 rodadas[2]. Gilson Kleina tentou mas não conseguiu evitar o rebaixamento do Palmeiras para a Série B 2013.
tracking img