Bioetica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1168 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Bioética

A bioética como um neologismo surgiu há aproximadamente a 35 anos. E o estudo transdisciplinar entre biologia, medicina, filosofia (ética) e direito (Biodireito). Definida como a ciência que estuda a sobrevivência humana, utiliza uma base filosófica e pragmática para a melhoria das condições de vida e que investiga as condições necessárias para uma administração responsável da vidahumana, animal e responsabilidade ambiental.

Saúde Pública

Promoção da saúde


A divulgação de informações e a promoção do conhecimento constituem valiosos instrumentos para a participação e para a mudança nos estilos de vida da comunidade.

A questão que se coloca na realidade das UTIs, é uma necessidade e um problema (Schramm & Braz, 2005).

Necessidade: atenderaos pacientes com meios ordinários ou extraordinários.

Problema: as questões éticas que se apresentam aos profissionais que trabalham nesses setores.

Problemas ou conflitos éticos

A obrigação moral de salvar a todos, em qualquer circunstância;

Quando se pode dispensar moralmente defensável interromper um tratamento.
Bioética e Reprodução Humana
Problemáticas envolvidas na reproduçãohumana:

A questão da liberdade da procriação;
A infertilidade;
A anticoncepção;
Reprodução humana assistida.
Liberdade da Procriacao
A Procriação Artificial, também chamada de Reprodução Medicamente Assistida, é um conjunto de técnicas através das quais se permite a reprodução sem sexo, ao contrário da contracepção que permite a prática sexual sem o risco da reprodução.

Dentre astécnicas de Reprodução Assistida, tratar-se-á das chamadas Inseminação Artificial e Fecundação in vitro:

a) A inseminação artificial é uma técnica de reprodução assistida através da qual os espermatozóides, previamente recolhidos e tratados, são transferidos para o interior do aparelho genital feminino por meio de uma cânula

b) A fecundação in vitro é uma técnica de reprodução assistida através daqual se dá a fecundação do óvulo in vitro, ou seja, os gametas masculino e feminino são previamente recolhidos e colocados em contato in vitro.

Em 1799 obteve-se êxito numa inseminação artificial humana, mas a primeira inseminação assistida heteróloga (com esperma doado por um terceiro estranho ao casal) foi em 1884. Em 1890, a inseminação artificial já era utilizada em larga escala.

Quantoà fecundação in vitro, seu pleno êxito foi obtido em 1978, com o nascimento do primeiro bebê de proveta do mundo, na Inglaterra.
Infertilidade
O problema da esterilidade, até então, era tido como algo feminino, contudo Johann Ham afirma no séc. XVII que a infertilidade decorre, muitas vezes, da escassez de espermatozóides; à partir de então passou-se a considerar que trata-se de um problematambém de ordem masculina.

O casal que depara-se com o problema da infertilidade enfrenta uma angústia muito grande por não poder corresponder aquilo que o grupo social espera de um homem e de uma mulher: a reprodução.

Tendo em vista esses aspectos, percebe-se que a esterilidade atinge o ser humano não apenas na sua vida íntima, mas trás conseqüências no seu convívio familiar, na sua relação com asociedade como um todo.
Reproducao assistida
Princípios gerais:

As técnicas de reprodução assistida (RA) têm o papel de auxiliar na resolução dos problemas de reprodução humana; (Resolucao CFM – n 1.957/2010)

As técnicas de RA podem ser utilizadas desde que exista probabilidade efetiva de sucesso e não se incorra em risco grave de saúde para a paciente ou o possível descendente;

Oconsentimento informado será obrigatório a todos os pacientes submetidos às técnicas de reprodução assistida, inclusive aos doadores;

O número máximo de ovócitos e embriões a serem transferidos para a receptora não pode ser superior a quatro. 

A Igreja
“Formado à imagem e semelhança de Deus, o homem é formado de corpo e alma, portanto uma intervenção no corpo humano não atinge apenas...
tracking img