Bioengenharia de solos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1190 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Bioengenharia do solo aplicada à recuperação de áreas degradadas

Março/2013

PCF523 - Implantação de Mata Ciliar e Recuperação de Áreas Degradadas

Sumário
1.

2.
3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11.

Introdução Definição de Bioengenharia Histórico da Bioengenharia Processo erosivo Seleção da vegetação Seleção das sementes Bioengenharia de solos Técnicas de bioengenharia de solos Obras deBioengenharia de solos Conclusão Referências

1. Introdução


A bioengenharia, também conhecida como engenharia biológica, engenharia biotécnica, também denominada de construção verde ou construção viva.



É o conhecimento das exigências e características biológicas da vegetação, de sua capacidade para a solução de problemas técnicos de estabilização de margens e encostas
(CEMIG,2002)

1. Introdução


As funções e efeitos das técnicas de bioengenharia englobam três aspectos: técnico, estético e econômico;



A implantação da técnica de bioengenharia é de baixo custo, pois, utiliza material da própria região e há pouca mão de obra, podendo ser executada em curto prazo (CASADO, 2000);



É considerada uma técnica ecologicamente correta, pois há uma associaçãode materiais inertes e materiais biologicamente ativos, permitindo regeneração natural (RIBEIRO, 2008).

2. Definição de Bioengenharia


Gray e Leiser (1982) reconhecem que as biotécnicas usam elementos mecânicos (estruturas), combinados com elementos biológicos (vegetação), para deter e prevenir os

deslizamentos e a erosão.



Binder et al. (1983) a bioengenharia recorre-se,unicamente, o uso da vegetação, sem elementos artificiais para proteção dos cursos d’água contra assoreamento.

3. Histórico da Bioengenharia


Registros de bioengenharia na China 28 a.C.;



Século XVI na Europa;
Woltmann em 1792  estacas vivas e estabilização de margens de rios.
Séc. XX na Áustria trabalhos de Hugo Meinhard Schiechtl  evoluindo e se estruturando nos moldes atuais.(LEWIS, 2000; ARAÚJO et.al., 2007) Fonte: Kevin Finney





4. Processo erosivo


Erosão provém do latim (erodere) que significa corroer;



A erosão hídrica ocorre em três formas sucessivas: erosão laminar; ravinamentos ou sulcos e voçorocas.

4. Processo erosivo

5. Seleção da vegetação


A escolha da vegetação correta para a utilização tem um papel importante no sucessodo projeto geotécnico; Segundo Pereira (2006) a seleção de espécies vegetais adequadas e respectivas quantidades é fator decisivo no estabelecimento da vegetação e proteção contra os processos erosivos; Sendo necessário conhecimento técnico a respeito dos aspectos climáticos, edáficos, fisiológicos e ambientais.





5. Seleção da vegetação


Edáficos: Adaptação das espécies àscondições onde será realizada a recuperação ambiental. Como por exemplo: pH, fertilidade natural, salinidade, toxidez, textura, drenagem e matéria orgânica. Climáticos: Fator mais importante. Deve-se avaliar a tolerância à seca, à geadas, déficits hídricos da região, precipitação anual, temperaturas médias anuais e umidade relativa. Ambientais: São determinados em função da rapidez e segurança darecuperação ambiental. Como: longevidade, produção de biomassa, crescimento e efeitos paisagísticos, fixação de N, palatabilidade da fauna, dormência das sementes, biodiversidade.





6. Seleção das sementes
Pereira (2006) relata que a quantidade de sementes deve ser
 A qualidade das sementes é de fundamental importância aumentada quando:

para o sucesso do plantio, sendo necessário que seobserve o O preparo do solo e coveamentograu de pureza das sementes; poder germinativo, vigor e o forem deficientes;
O talude for inclinado;
 O sucesso da Ocorrer vento; vegetação irá depender da quantidade ótima

Região com deficiência hídrica;

de sementes que são aplicadas;

Houver pássaros e predadores de sementes; Solo com baixa fertilidade; O material do talude for...
tracking img