Biodisponibilidade de nutrientes em alzhaimer

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1957 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
TECNOLOGIA DO LEITE E DERIVADOS

Entende-se por leite, sem outra especificação, a produto oriundo da ordenha completa e ininterrupta, em condições de higiene, de vacas sadias, bem alimentadas e descansadas. O leite de outros animais deve denominar-se segundo a espécie de que proceda.

A classificação do leite em A, B ou  C refere-se, principalmente, à qualidade demicro-organismos presentes do leite. A legislação federal estabelece contagens máximas antes e principalmente depois do processo de pasteurização. Também são preconizados os métodos de higiene na ordenha, modo de transporte e de armazenamento antes do processo e local de pasteurização.

O leite homogeneizado é obtido por meio da redução dos glóbulos de gordura.  A homogeneização aumenta aestabilidade do leite e evita a separação da gordura, ou seja, a formação da nata.

Tipos de leites

a. Leite pasteurizado tipo A

Denomina-se de leite pasteurizado tipo A o leite classificado quanto ao teor de gordura em leite integral, padronizado, semi-desnatado ou desnatado, produzido, beneficiado e envasado em estabelecimento denominado “Granja Leiteira” (é oestabelecimento destinado à produção, pasteurização e envase de leite pasteurizado tipo A para consumo humano, podendo, ainda, elaborar derivados lácteos a partir de sua própria produção).

- leite pasteurizado tipo A integral

- leite pasteurizado tipo A semi-desnatado

- leite pasteurizado tipo A desnatado

Seguido da expressão “homogeneizado”, quando for submetido aesse tratamento.

b. Leite pasteurizado tipo B

Entende-se por leite cru refrigerado tipo B o produto integral quanto o teor de gordura, resfriado em  propriedade rural produtora de  leite e nela mantida em um período máximo de  48 horas, em temperatura igual ou inferior a 4°C,  que deverá ser atingida no máximo duas horas após o término da ordenha, transportado paraestabelecimento industrial, para ser processado, onde deverá apresentar, no momento do seu recebimento, temperatura igual ou inferior a 7°C.

- Leite cru refrigerado tipo B

- leite pasteurizado tipo B integral

- leite pasteurizado tipo B semi-desnatado

- leite pasteurizado tipo B desnatado

Seguido da expressão “homogeneizado”, quando for submetido aesse tratamento. O leite pasteurizado tipo B deve ser envasado com material adequado para as condições previstas de armazenamento e que garanta a hermeticidade  da embalagem e proteção apropriada contra contaminação.

c. Leite pasteurizado tipo C

Entende-se por leite cru tipo C o produto não submetido a qualquer tipo de tratamento térmico na fazenda leiteira onde foi produzido eintegral quanto ao teor de gordura, transportado em vasilhames adequado e individual de capacidade até 50 litros e entregue em estabelecimento industrial adequado até as 10:00 horas do dia de sua obtenção. Poderá permanecer estocado nesse posto pelo período máximo de seis horas, sendo remetido em seguida ao estabelecimento beneficiador.
- Leite cru tipo C

- leitepasteurizado tipo C integral

- leite pasteurizado tipo C semi-desnatado

- leite pasteurizado tipo C desnatado

Seguido da expressão “homogeneizado”,quando for submetido a esse tratamento.

d. Leite longa vida

É o leite homogeneizado submetido à ultrapasteurizaçâo - sistema UHT (ultra high temperature), que significa o aquecimento de 130 a 150°Cpor 2 a 4 segundos, mediante um processo térmico de fluxo contínuo e o imediato resfriamento à temperatura inferior a 32°C.  Em seguida, é envasado sob condições assépticas em embalagens esterilizadas e hermeticamente
fechadas. O leite longa vida recebe diferentes denominações de acordo com  quantidade de gordura:

• Integral: mínimo 3% de gordura;

• Semi-desnatado:...
tracking img