Biodigestor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 49 (12011 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO

A importância de atender cada vez mais pessoas com necessidade de energia de boa qualidade vem apresentando alguns obstáculos aos quais se relacionam principalmente o fator ambiental e a disponibilidade de energia. O constante desenvolvimento na tecnologia mundial reflete diretamente nos processos agroindustriais, forçando um aumento da produção para o próprio desenvolvimentosocial, acarretando um considerável aumento na produção de resíduos orgânicos cuja maioria das vezes tem seu descarte feito de maneira incorreta, não sendo aproveitado da maneira mais adequada. O acúmulo destes resíduos gradativamente trará a poluição do solo onde se encontram, incluindo também recursos hídricos e até mesmo a atmosfera. (NOGUEIRA, 2004)
Há também a temática do recurso cada vez maisdesenfreado ao consumo de energias não renováveis e as repercussões em que esses atos se traduzem, não só em termos ambientais, mas também na poluição por eles causada, como também as previsões de escassez daqueles recursos num futuro não muito distante. (FERRAZ & MARRIEL, 1980)
A preservação ambiental é uma grande preocupação mundial e principalmente dos centros de pesquisa que estudamtecnologias adequadas para reverter à tendência à degradação, a fim de assegurar a não ocorrência de prejuízos irreparáveis e garantir uma satisfatória melhoria na qualidade de vida das gerações atuais e futuras. (MAGALHÃES et al, 2004)
Os biodigestores apresentam uma tecnologia limpa, trazendo benefícios em forma de biogás e fertilizantes.
No setor agrícola tais esforços no sentido da promoção dosrecursos naturais também são envidados, sobretudo em torno do impacto ambiental relacionado com as explorações agrícolas, principalmente com o subsetor pecuário, onde as emissões de efluentes orgânicos constituem um dos maiores causadores de problemas ambientais destacando-se a eutrofização. (PETRACCO, 1995)
Três quartos da superfície terrestre estão cobertos por água. Apesar deste enorme volume,cerca de 97% é água salgada, imprópria para consumo doméstico e agrícola. (SELBORNE, 2001)
A água doce distribui-se em sua maioria pelas calotas polares e lençóis subterrâneos, ao paço que os rios e lagos comportam uma ínfima parte do volume total de água do nosso planeta. (SELBORNE, 2001)
Em grande parte dos países subdesenvolvidos os recursos hídricos são escassos e a água potável não seencontra disponível para a maior parte da população, fato que, anualmente, provoca milhões de mortes, não só devido a doenças transmitidas pela água, mas também pela deficiente nutrição causada pela inviabilidade de cultivo em áreas excessivamente áridas. (SELBORNE, 2001)
A água que ainda se encontra disponível para o homem sofre constantes agressões antropogênicas sob forma de descargas de efluentesdomésticos, industriais e agrícolas, que transportam substâncias tóxicas. (PETRACCO, 1995)
O setor agrícola contribui fortemente com emissões de dejetos e emissões de compostos azotados e fosfatados num grau elevado para que estes consigam ser biodegradados naturalmente, e manejo inadequado desses dejetos, os quais são ricos em matéria-orgânica e agentes patogênicos, responsáveis pela poluição deáguas superficiais e subterrâneas, devido ao carregamento desse material pela ação das chuvas. (DORAN & LINN, 1979)
Esses dejetos são compostos de um elevado teor energético, com macro e micro-nutrientes. (MAGALHÃES et al, 2004)
Conseqüentemente, estas massas de água evoluem para um estado eutrófico, caracterizado por uma capacidade de produção biológica importante, que leva aodesenvolvimento incontrolado de certas espécies em detrimento de outras, como é o caso do fenômeno da “floração da água” – rápido aumento da população de espécies vegetais aquáticas – que cobrem a superfície aquática e provocam a diminuição do nível de oxigênio da água, tendo conseqüências nefastas para a ecologia local e até para a sustentabilidade da vida humana. O crescimento das plantas aquáticas à...
tracking img