Biodiesel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1396 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Valence Shell Electron Pair Repulsion Theory (VSEPR) Prof. Jorge M. David/IQ/UFBA A partir da teoria VSEPR, podemos prever a forma da molécula, mas nada sabemos a respeito de suas propriedades e como são formadas! A geometria tridimensional das moléculas é determinada pela orientação relativa de suas ligações covalentes. Em 1957 o químico Ron Gillespie, baseando-se em trabalhos prévios de Nyholm,criou uma ferramenta muito simples para prever a geometria das moléculas. A teoria recebeu o nome de Teoria de Repulsão dos Pares Eletrônicos de Valência (TRPEV) e se baseia em um simples argumento de que os grupos de elétrons se repelem uns com os outros e a forma adotada pela molécula será aquela em que a repulsão dos grupos eletrônicos seja mínimo. Para prevermos a geometria de uma molécula,necessitamos conhecer somente quantos pares de elétrons estão associados ao átomo central para o qual devemos escrever a fórmula de Lewis da molécula. Logo, nos perguntamos como os pares de elétrons se distribuem espacialmente de modo que a repulsão seja entre eles a mínima? É importante recordar que a geometria molecular estará determinada pela distribuição espacial dos pares de elétrons dasligações presentes e também pelos pares não-ligantes que estiverem em torno do átomo central, pois exercerão repulsão sobre as ligações, alterando o ângulo das mesmas. Em resumo, segue o que descreve a teoria de Gillespie: 1. A estrutura das moléculas é determinada pelas repulsões entre todos os pares de elétrons presentes na camada de valência; 2. Um par isolado de elétrons ocupa mais espaço em torno doátomo central do que um par de elétrons ligante, já que o par isolado é atraído por apenas e o par ligante é atraído por dois núcleos. Pode-se inferir que a repulsão entre dois pares isolados é maior que a repulsão de um par isolado e um par de elétrons ligantes, que por sua vez é maior que a repulsão entre dois pares de elétrons ligantes. Assim a presença pares de elétrons isolados provocadistorções nos ângulos de ligação da molécula. Se o ângulo entre o par isolado no átomo central e um par ligante aumentar, os ângulos de ligação observados entre os átomos deve diminuir. 3. A magnitude das repulsões entre os pares de elétrons ligantes depende da diferença de eletronegatividades entre o átomo central e os demais átomos. 4. Ligações duplas repelem-se mais intensamente que ligaçõessimples, e ligações triplas provocam maior repulsão do que ligações duplas. Exemplo 1: Qual a geometria da molécula SO2? Em geral o átomo que se apresenta em menor número numa molécula corresponde ao átomo central. Impulsivamente poderíamos esperar que ela fosse linear, pois tem uma forma muito parecida com o CO2, mas será que essa idéia está correta? Passemos a estrutura de Lewis para essa molécula afim de identificar quantos e quais os tipos de elétrons que dispomos. 2 2 6 2 4 16S è 1s 2s 2p 3s 3p à 6 elétrons de valência 2 2 4 8O è 1s 2s 2p à 6 elétrons de valência

Na representação de Lewis não há necessidade alguma de ser indicada a geometria correta, a disposição dos átomos pode ser feita de qualquer forma, desde que estejam fazendo as ligações apropriadas. Podemos observar para essaestrutura de Lewis que o enxofre faz ligações com dois átomos de oxigênios distintos e possui ainda um par de elétrons livres. Têm-se então neste caso pares de elétrons que participam das ligações (os Pares Compartilhados) e temos também um par de elétrons livre (um Par Isolado). Como sabemos um elétron não pode estar em qualquer região em torno do núcleo do átomo. Ele poderá estar apenas ondehouver um orbital que possa contê-lo, assim devemos ressaltar a seguinte informação: OS ELÉTRONS FAZEM PARTE DA MOLÉCULA E PORTANTO DEVEM OCUPAR ALGUM ESPAÇO EM VOLTA DO ÁTOMO CENTRAL. Em outras palavras, assim como os átomos de oxigênio ocupam um determinado espaço em volta do átomo central (S), o par isolado (PI) também deverá ocupar uma região espacial em torno do enxofre. Pensando assim...
tracking img