Biodiesel soja no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (978 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Biodiesel - O combustível do futuro

Soja garante o melhor preço de produção do Biodiesel.

O governo brasileiro aposta com o Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel. Muito mais do querepresentar uma alternativa ao petróleo, o programa foi forjado com a missão de impulsionar e desenvolver a agricultura familiar, principalmente na região semi-árida do Nordeste, que concentra ospiores indicadores sociais do país. Combustível renovável, o biodiesel é produzido a partir de plantas oleaginosas como mamona, dendê, girassol, palma e soja.
O biodiesel será utilizado, em automóveis ecaminhões, ao ser misturado à gasolina, e também na geração de energia elétrica em comunidades remotas na Região Norte, substituindo o óleo diesel nas usinas termelétricas e até nos geradores locais.Uma de suas maiores vantagens é ambiental. O biodiesel puro diminui as emissões de monóxido de carbono em 48%, as de óxidos de enxofre em 100% e as de fumaça preta em 47%, segundo dados do Ministérioda Ciência e Tecnologia (MCT). Também pode gerar créditos de carbono a ser comercializados de acordo com o Protocolo de Quioto.
A Agência Nacional de Petróleo (ANP), responsável pela regulação efiscalização do novo produto, cria a figura do produtor de biodiesel, estabelece as especificações do combustível e estrutura a cadeia de comercialização. A adição do biodiesel ao diesel de petróleo seráfeita pelas distribuidoras de combustíveis, assim como ocorre com o álcool anidro à gasolina. Porém, as refinarias também podem fazer a mistura e entregar o biodiesel às distribuidoras. Em princípio,até 2008 a adição de 2% de biodiesel ao diesel é voluntária. A partir daí, a mistura torna-se obrigatória. Em 2013, 5% do óleo vegetal será exigido. A expectativa é que a porcentagem continueaumentando gradativamente.
A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) apóia a mistura inicial de 2% por entender que é compatível com as condições da frota em circulação e com...
tracking img