Bioética- o uso de animais em pesquisa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3949 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1.Introdução
O uso de modelos animais em pesquisas científicas é motivo de grande polêmica, pois há aqueles que se dizem contra, devido ao sofrimento imposto aos animais, e existem aqueles que são a favor, pois em alguns casos não seria possível o uso de meios alternativos para se chegar ao resultado esperado.
Desde a antiguidade, o homem busca o conhecimento científico, e o uso dos animais emexperiências já era usado naquela época. Primeiro, por pessoas apenas interessadas em desvendar a complexidade do funcionamento do organismo, posteriormente por pessoas especializadas em várias áreas científicas.
No século XVII o uso indiscriminado de animais em experimentos se amparava na idéia de que os animais não possuíam alma, portanto, não sofriam. O primeiro experimento que utilizouanimais sistematicamente foi publicado em 1638, por Willian Harvey, que utilizou mais de 80 espécies de animais em seu estudo sobre a fisiologia da circulação sanguínea.
Com o passar do tempo a questão tomou outras proporções, sendo que inúmeras regras foram adotadas, sobre o ponto de vista ético, para inibir o uso de animais em pesquisas científicas, e atenuar o sofrimento imposto as cobaias.
Emmuitos casos a ciência ainda depende dos animais nas pesquisas, sendo possível com a utilização de cobaias a descoberta de novas terapias e medicamentos que salvam inúmeras vidas ao redor do mundo.
A tendência é que gradativamente a ciência consiga substituir os animais nas pesquisas, utilizando modelos matemáticos, cultura de tecidos ou células, modelos sintéticos, simulações de computador, etc. Eessa substituição por modelos alternativos deve ser encorajada, deve ser o objetivo da ciência para os próximos anos encontrar esses meios de se chegar aos resultados esperados, preservando a integridade física dos animais.
2.Desenvolvimento
2.1. Histórico
As investigações na área da saúde são realizadas há mais de dois mil anos, tendo inicio, provavelmente, com os estudos de Hipócrates (405a.C.), que relacionava o aspecto de órgãos humanos doentes com o de animais, com finalidades claramente didáticas. Os anatomistas Alcmaeon (500 a.C.), Herophilus (330-250 a.C.) e Erasistratus (305-240 a.C.) realizavam vivissecções animais com o objetivo de observar estruturas e formular hipóteses sobre o funcionamento associado às mesmas.
Posteriormente, Aristóteles (384-322 a.C.) realizou estudoscomparativos entre órgãos humanos e de animais, constatando semelhanças e diferenças de conformação e funcionamento. Cerca de 500 anos depois, Galeno (131-201 d.C.) ficou conhecido como um dos precursores das ciências medicas experimentais realizando vivissecções com objetos experimentais, ou seja, de testar variáveis através de alterações provocadas nos animais.
Vesalius (1514-1564) realizouinúmeros estudos utilizando animais, constatando inclusive algumas inexatidões na concepção da circulação do sangue proposta por Galeno.
Provavelmente as idéias do filósofo Frances René Descartes (1596-1560) sobre as diferenças entre os homens e os animais tenham influenciado os cientistas do século XVII a realizarem seus experimentos sem questionar o uso de animais. As considerações desse pensador deque os processos de pensamento e sensibilidade correspondem à alma talvez tenham levado os cientistas da época a pensarem que, por serem desprovidos de uma alma “racional”, não havia possibilidade de os animais sentirem dor. Justamente nesse período, as investigações cientificas passam a ser menos observacionais e descritivas, assumindo um caráter mais invasivo e experimental.
A primeirapesquisa cientifica que utilizou animais sistematicamente talvez tenha sido a realizada por William Harvey, publicada em 1638 sob o título Exercitatio Anatomica de Motu Cordis ET Sanguinis in Animalibus. Nesse livro, o autor apresentou os resultados obtidos em estudos experimentais sobre a fisiologia da circulação sanguínea realizados em mais de 80 diferentes espécies animais.
Provavelmente a partir...
tracking img