Bico de busen

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1193 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
O emprego de um dado equipamento ou material depende dos objetivos e das condições em que a experiência será executada. Na primeira aula de introdução às técnicas de laboratório, utilizou-se o bico de Bunsen para aprender como manuseá-lo e também as técnicas de aquecimento em laboratório. Realizou-se, também um teste de chama com sais, o aquecimento de líquidos no tubo de ensaio e,por fim, fez-se um teste com as varetas de vidro.

O bico de Bunsen
O bico de Bunsen é utilizado em laboratório com a finalidade de produzir calor através da combustão. Para que a combustão ocorra é necessária a reação entre combustível e o comburente.
O bico é constituído de: base (local por onde entra o combustível); anel (controla a entrada de ar/comburente) e corpo (onde ocorre a misturados componentes da combustão.
Como vemos na figura no Anexo 1, com o anel de ar primário parcialmente fechado, distinguimos três zonas da chama:
a) Zona externa: violeta pálida, quase invisível, onde os gases francamente expostos ao ar sofrem combustão completa, resultando gás carbônico e vapor de água. Esta zona é chama de zona oxidante.
b) Zona intermediária: Luminosa, caracterizada porcombustão incompleta, por deficiência do suprimento de gás oxigênio. O carbono forma o monóxido de carbono o qual decompõem-se pelo calor, resultando diminutas partículas de C que, incandescentes dão luminosidade à chama. Esta zona é chamada de zona redutora.
c) Zona interna: Limitada por uma “casca” azulada, contendo os gases que ainda não sofreram combustão.
Os procedimentos básicos, naoperação correta do bico de Bunsen são:
* Fechar o anel de entrada do ar primário (combustão incompleta)
* Abrir moderadamente a válvula do gás
* Acender a chama
* Abrir o anel de ar primário e ajustar a cor da chama regulando a entrada de ar, onde uma chama azul tendo um cone interno é a mais adequada
* Fechar a válvula de gás

Combustão e Comburente
Em laboratório, ocombustível utilizado é o gás comum de rua G.L.P (propano, C3H8 e butano C4H10) e o comburente é o oxigênio do ar atmosférico. Desta combustão temos produtos o gás carbônico (CO2), o monóxido de carbono (CO), vapor d’água e calor. Quando as quantidades dos componentes da combustão é estequiométrica, isto é, não existe excesso de nenhum deles, obtém-se a maior quantidade de calor da reação.

Material eMétodos
Após o estudo do bico, deu-se inicio ao teste de chama com os sais que, quando submetidos a um aquecimento, apresentam cores diferentes. Logo após realizou-se o aquecimento de líquidos no tubo de ensaio e de varetas de vidro. Para os testes, utilizaram-se:
*
* Fósforo
* Vareta de vidro
* Lima
* Alça de platina
* Cápsula de porcelana
* Tudo de ensaio
*Estante para tubos
* Espátula
* Os sais: K, Li, Sr, Cu, Ca, Pb, Ba
* Ácido clorídrico concentrado

* Procedimento
1. O uso do bico de Bunsen

1.1 Acendeu-se o bico de gás, seguindo as instruções apresentadas no “O bico de Bunsen”.
1.2 Testou-se o poder calorífico da chama, introduzindo um palito, por alguns segundos, atravessando as duas chamas
1.3 Fechou-se lentamente a janelado bico de Bunsen para observar a mudança da coloração da chama
1.4 Passou-se a capsula de porcelana durante alguns segundos sobre a chama e observou-se uma substância preta formada.
1.5 Regular os controles do bico de gás no sentido de obter a chama mais quente e a mais fria ou mais luminosa.
2. Teste da chama
2.1 Limpou-se a alça de platina (NiCr), mergulhando-a num tubo de ensaio com ácidoclorídrico concentrado e em seguida levou-a à chama do bico de Bunsen na sua parte externa.
2.2 Com a alça, observou-se a coloração dos cátions, ao colocar os sais em contato com a chama
3. Aquicimento de líquidos no tubo de ensaio
3.1 Colocou-se aproximadamente 4 mL de água em um tubo de ensaio
3.2 Com a pinça de madeira, levou-se o tubo para ser submetido a aquecimento no bico de Bunsen...
tracking img