Bico de bunsen

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1674 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Estudo do Bico de Bunsen


Realizado em: 28/02/2013 Entregue em: 07/03/2013

Ana Carolina Pascon de Resene n° 028767

Erika Akemi Aureliano nº 030929

Juliano Barros Malta nº 031276

Michelle Tiemi Matsumura n° 030360

Patricia Rodrigues dos Santos n° 028799

Profa. Marcia Basso Cavalcante Palomares


Introdução

Bico de bunsen é uma forma de calor utilizada para oaquecimento de substâncias no laboratório, tendo diversas finalidades, no caso iremos demonstrar passo a passo um experimento chamado “teste de chamas” (onde se testa qualitativamente a presença de certos metais em compostos químicos).
A chama do bico de bunsen é produzida em três zonas: 1. Zona Oxidante: violeta (azul) pálida, quase invisível (combustão completa), 2. Zona Redutora: luminosa(combustão incompleta por falta de O2), 3. Zona Interna: contém os gases que ainda não sofreram combustão. A temperatura da chamas é de 300ºC á 1600ºC Quando os orifícios de ar (oxigênio) são totalmente fechados na base do aparelho, o gás só irá se misturar-se com o ar ambiente depois que ele saiu do tubo, na parte superior. Essa mistura produz uma chama amarelo brilhante conhecida como “Chama deSegurança”, pois é mais fácil de ser visualizada e menos quente. Esta chama também é referida como chama “suja” pelo fato de deixar uma camada de carbono (fuligem) sobre o que é aquecido, a temperatura atingida é de cerca de 300º C. O tipo de chama mais usado para aquecimento é a chama violeta (azul), também referida como chama invisível, dificilmente vista em um quarto bem iluminado. Esta chama atingeuma temperatura boa para aquecimento. Para produzir esta chama azulada, deve-se regular a abertura dos os orifícios de ar na base do bico de bunsen, para que o oxigênio misture-se com o gás, tornando a queima deste mais eficiente.
É muito importante antes de manusear este tipo de aparelho, haver um conhecimento para evitar possíveis acidentes, visto que muitas tragédias de laboratório estãorelacionadas com queimaduras ou chamas expostas. Devem-se proteger os olhos, cabelos e as roupas e manter a distância produtos químicos inflamáveis, pois oferecem risco de explosão.

Objetivo

Analisar a chama, observar a combustão do gás e identificar alguns cátions metálicos, por meio da cor produzida na chama.


Procedimento

Parte 1: Análise de Chama

Materiais: Bico debunsen, palito de fósforo, palito de madeira.

Colocou-se o anel em uma posição que impossibilitou a entrada de ar pela parte inferior. Abriu a válvula do gás e em seguida acendeu o palito de fósforo na parte superior do bico de bunsen, girou-se novamente o anel de regulagem e deixo em posição que a chama se tornou mais violeta (azul) possível.

Colocou um pequeno palito de madeira percorrendo achama, verificou que há diferenças de temperatura conforme a rapidez da queima do palito.












(Imagem 1)

Parte 2: Combustão incompleta do gás

Materiais: Bico de bunsen, palito de fósforo, palito de madeira.

Fechou-se a janela do bico de bunsen e observou a mudança de coloração da chama, segurando a extremidade do erlenmeyer, passou-o durante alguns segundos sobrea chama e observou a substância preta formada.





Ao passar o Erlenmeyer
na chama violeta (azul).





Ao passar o Erlenmeyer
na chama amarela.


(Imagem 2)(Imagem 3)


Teste de Chama

Materiais: Bico de bunsen, erlenmeyer, fio de níquel-cromo, vidro de relógio, bastão de vidro, espátula, palito de fósforo, palito de madeira.

Reagentes: Cloreto de estrôncio (SrCl2), Cloreto de sódio (NaCl), Iodeto de sódio (NaI), Sulfato de cobre (CuSO4), Cloreto de cálcio (CaCl2),...
tracking img