Bibliologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2091 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
BIBLIOLOGIA
AUTOATIVIDADE DO CAPITULO I
1. O que significa a auto manifestação de Deus? Porque ela teve um objetivo relacional?

É o conhecimento não das coisas de Deus, mas do próprio Deus! Ela teve um objetivo relacional, porque a bíblia leva a mensagem de Deus ao coração do homem.

2. Explique as três categorias teológicas de Revelação:
Revelação Geral, Revelação Especial e RevelaçãoGradativa e Progressiva.

Revelação Geral: A criação pode nos revelar a existência de Deus: Deus é o Criador; é uma norma para a sociedade e meio de condenação (Insuficiente porque o pecado adulterou a fé humana).
(Rm. 1:20): Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o principio do mundo, sendo percebidospor meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis;
Revelação Especial: A revelação especial nos revela a teologia cristã: Deus é o redentor; é uma norma para a igreja e meio para salvação. A Bíblia é a norma para todo o ensinamento cristão, revelando a graça redentora de Deus e a mensagem da salvação, explicando o acesso do homem a Deus.
(2Tm.3:16):Evidentemente, grande é o mistério da piedade: aquele que foi manifestado na carne, foi justificado em espirito, contemplado por anjos, pregado entre os gentios, criado no mundo, recebido na glória.

Revelação Gradativa e Progressiva: A revelação é gradativa e progressiva no sentido de desenvolvimento, desenvolvendo de todo o que já tinha.
(Hb.1,1-3) Havendo Deus, outrora, falado, muitas vezes e de muitasmaneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo. Ele que é o resplendor da gloria e a expressão exata do seu Ser, sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, depois de ter feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade, nas alturas; Deus é um sertranscendente, grandioso, magnífico e como tal, para nós através das nossas experiências sensoriais, seria impossível compreende-lo. Deus falou conosco em linguagem humana comum, com expressões que fazem parte da experiência humana comum, do cotidiano dos homens. Outras formas pelas quais se revelou foram através de sonhos, visões, inclusive através da encarnação de seu filho Jesus.
Os sinais, milagres,prodígios, maravilhas e o próprio manifestar de voz pessoal de Deus na Bíblia pertencem á outra categoria de revelação.
3. O que significa dizer que a Revelação foi de natureza Antrópica e Analógica?
Natureza Antrópica, porque Deus é um ser transcendente, grandioso, magnífico e como tal, para nós através das nossas experiências sensoriais, seria impossível compreende-lo. Deus falou conosco emlinguagem humana comum, com expressões que fazem parte da experiência humana comum, do cotidiano dos homens. Outras formas pelas quais se revelou foram através de sonhos, visões, inclusive através da encarnação de seu filho Jesus. Os sinais, milagres, prodígios, maravilhas e o próprio manifestar de voz pessoal de Deus na Bíblia pertencem á outra categoria de revelação.
Natureza Analógica, porque Deusé amoroso como são amorosos os homens, porem muito mais;
Jesus é o pão da vida (João 6: 35): Declarou-lhe pois Jesus: Eu sou o pão da vida, o que vem a mim jamais terá fome, e o que crê em mim jamais terá sede.
A igreja é o sal da terra (Mateus 5: 13): Vós sois o sal da terra; ora se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor? Para nada mais presta senão para, lançado fora, ser pisadopelos homens.
Deus ouve no mesmo sentido de como um homem ouve;
O sentido analógico trata do modo de qualidade igual, a diferença esta no grau.
4. Porque a encarnação do Filho de Deus foi tão especial no que se refere à Revelação?
A encarnação foi o meio mais sublime e mais completo de revelação. A vida e a mensagem de Jesus era uma revelação especial de Deus (Hb 1.1,2: Havendo Deus,...
tracking img