Bibliografia, fernando pessoa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (729 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Biografia
Fernando Pessoa foi um dos escritores portugueses mais marcantes do século XX. Dedicou grande parte da sua vida à literatura, contudo, ainda nos dias de hoje, aproximadamente 80 anos apósa sua morte existem obras por descodificar.
O interesse que existe pela figura de Pessoa não só da parte de poetas e críticos, mas sobretudo da população jovem e turista é incrível e notório nasruas da antiga Lisboa. O seu corpo repousa no Mosteiro de Jerónimos, ao lado dos heróis e reis portugueses; é visto no Martinho de Arcada, restaurante que frequentou durante muitos anos; a sua estátuaatrai todos ao lado do café A Brasileira e Rua Coelho da Rocha nº16 a última morada de Fernando Pessoa, hoje casa Fernando Pessoa.
O museu é visitado todas as semanas por crianças e adolescentes devários pontos do país que querem conhecer a vida e obra do poeta. Todos ficam espantados com a enorme variedade de livros, escritos em diversas línguas, até mesmo em braille. Para além disso,encontramos interessantes objectos de Pessoa como móveis, máquina de escrever, óculos e estojo que surpreendem os jovens.
Actualmente, apenas duas pessoas estão vivas que conviveram com Fernando Pessoa, asobrinha Manuela Nogueira e filho do barbeiro António Seixas, ambos caracterizam-no como uma pessoa muita especial, afectuosa e reservada, todavia cheia de humor e com grande carinho pelas crianças,destacam que andava sempre bem vestido e arranjado. Sobrinha Manuela guarda carinhosamente os pertences do poeta, tais como a primeira edição de Mensagem, o único livro publicado em português durante avida de Fernando Pessoa; a edição de poemas de Walt Whitman, cheio de anotações do poeta; o livro onde o Pessoa anotou o seu primeiro heterónimo Chevalier de Pas e o primeiro poema “A minha queridamamã”; as cartas de família e a faca com a qual a sobrinha brincava com o tio ao barbeiro.
Fernando Pessoa queria destacar-se dos grandes escritores e poetas, ou seja, tinha por hábito de se medir...
tracking img