Bgomes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 37 (9062 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA
Departamento de Engenharia Florestal
Laboratório de Celulose e Papel

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM TECNOLOGIA DE CELULOSE E PAPEL

MÓDULO I – Estrutura Anatômica e Química da Madeira

Parte I – Estrutura Anatômica da Madeira (Roteiro Descrito)
Ana Márcia M. L. Carvalho

Viçosa, MG Janeiro/2005

INTRODUÇÃO 1 - CLASSIFICAÇÃO BOTÂNICA DOSVEGETAIS: Plantas são organismos eucariontes, multicelulares, autótrofos, que realizam fotossíntese. Elas podem ser divididas, segundo EICHLER (1883), em dois grandes grupos: Criptógamas: plantas que não produzem flores nem sementes. Ex: algas, musgos e samambaias. Fanerógamas: plantas que produzem flores e sementes. Ex: pinheiros, eucaliptos, mangueira, coqueiros etc. “Os serem eucariontes são formadospor células eucarióticas, que apresentam basicamente membrana plasmática, citoplasma e núcleo, sendo que este é delimitado por uma membrana denominada carioteca. Além, disso, apresentam membranas internas delimitando organelas na região citoplasmática”.

Figura 1 – Célula vegetal eucariótica (Fonte: Lopes, 1994). “A célula dos organismos procariontes apresenta membrana plasmática e citoplasma,sendo que o material nuclear, denominado nucleóide, não é delimitado por carioteca, inexistente em células procarióticas. Nestas células não há organelas delimitadas por membranas”.

2

“Os únicos seres vivos que apresentam células procarióticas são as bactérias e algas azuis (cianobactérias). Todos os outros organismos de estrutura celular são formados por células eucarióticas”.

Figura 2 –Célula procariótica (bactéria) (Fonte: Lopes, 1994). Entre as criptógamas, podem-se conter outros grupos menores, com base na organização do seu corpo: Talófitas: criptógamas cujo corpo é um talo, estrutura não diferenciada em raiz, caule e folha. São as algas verdes, vermelhas e pardas. Até pouco tempo, entre as talófitas eram também incluídas: as algas azuis, hoje no grupo das cianofíceas oucianobactérias; as Bactérias (hoje classificadas no Reino Monera) e os Fungos (hoje classificados no Reino Fungi). Briófitas: criptógamas cujo corpo pode se apresentar diferenciado externamente em caulóide, filóide, além de estruturas semelhantes a raiz, denominadas e rizóide (estruturas uni ou pluricelulares, com função de absorção). Ex: musgos e hepáticas. Pteridófitas: criptógamas que possuemraiz, caule e folhas verdadeiros. Ex: samambaias e avencas. As talófitas e briófitas não possuem elementos condutores de seiva. As pteridófitas e todas as fanerógamas possuem tais elementos, sendo, por isso, chamadas plantas vasculares ou traqueófitas.

3

Como a presença de vasos condutores é uma característica da folha, da raiz e do caule, podemos dizer que as briófitas que são avasculares, nãopossuem folhas, raiz e caules verdadeiros. Por essa razão, muitos preferem adotar os termos filóide, caulóide e rizóide; no entanto, aceitam-se também os termos raiz e caule, considerando-se apenas a semelhança morfológica externa. As fanerógamas são divididas em dois grupos: - Gimnospermas: fanerógamas cujas flores não formam frutos. Suas sementes são “nuas”, não abrigadas no interior de frutos,vindo deste fato à denominação do grupo: gymnos = nu; spermae = semente. Ex: pinheiro do Paraná (Araucária angustifólia). São também chamadas de coníferas, resinosas, não porosas (ausência de vasos ou poros), ou “softwood”. Como exemplo de madeiras brasileiras nativas, do grupo das gimnospermas, podemos citar o Pinheiro-do-Paraná (Araucária angustifólia) e o Pinho Bravo, com duas espécies:Podocarpus lambertii e o Podocarpus sellowii. Das espécies exóticas, cultivadas no Brasil, pertencente a esse mesmo grupo tem o Pinus elliottii, P. taeda, P. patula, P.oocarpa, P. caribaea e suas variedades, além de outras gimnospermas menos expressivas (Figura 3B). - Angiospermas: Fanerógamas cujas flores femininas ou hermafroditas possuem ovário, que se desenvolve, dando origem ao fruto. No interior...
tracking img