Beurres des france

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4159 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
BEURRES DES FRANCE



1 ORIGEM E HISTÓRIA

Apesar de ser um dos alimentos mais corriqueiros, não se conhece precisamente a origem da manteiga. Presume-se que, juntamente com a coalhada, tenha surgido ainda na pré-história, quando o homem aprendeu a criar o gado. Seu mais antigo vestígio "escrito" data de 4500 anos: sua fabricação é retratada em uma laje de calcário gravada no períodosumério. No museu de Bagdá há uma cena que descreve a ordenha por funcionários de uma grande propriedade, em seguida, eles fazem a manteiga em uma "Batedeira" primitiva que é simplesmente um grande jarro contendo leite e uma pá girando da direita para a esquerda. Sabemos também que os arianos que se estabeleceram na Índia há 3300 anos desenvolveram e escreveram em sânscrito a técnica declarificação da manteiga visando à conservação, praticado ainda hoje pelos nômades do Saara. Os nomes em português (Manteiga) e em espanhol (Manteca) parecem derivar do sânscrito - Manthaga - e foram introduzidos na Península Ibérica pelos celtas.

Na Roma antiga, a manteiga era utilizada como produto de beleza. Os gregos e os romanos utilizavam como creme para amaciar a pele, ou fazer os cabelosficarem brilhantes. Na Idade Média, no norte da Europa, os Celtas e Vikings “amateurs de beurre”, trouxeram com eles o gosto pelas invasões assim como o gosto pela manteiga e o segredo de sua fabricação. Na França, a manteiga era a gordura dos pobres, a gordura mais acessível do que o óleo que é colhido uma vez por ano.

Desde a Renascença, a manteiga é muito apreciada pelos "bons becs" e,em 1590, você paga por um quilo de manteiga com sal um escudo Bretão. A peça de manteiga é envolta em folhas frescas e coberta com água salgada e armazenadas em potes de barro.

Na França, é somente nos anos 60 que há produção industrial generalizada, superando a produção agrícola. Os barattes en bois (batedeira manual/ à manivela) começam a desaparecer, graças à criação de "butyrateur"(batedeira mecânica), que permite a produção contínua e em grande quantidade.




1.1 EVOLUÇÃO

[pic]
























2 ASPECTOS ECONÔMICO-GEOGRÁFICOS



2.1 QUEM SÃO OS CAMPEÕES DA MANTEIGA





Lactalis e Bongrain têm nas mãos o mercado da manteiga tradicional e principalmente da manteiga dietética. Para os outros produtores fica a “Terroir”.Para todos, uma obrigação: Inovar.


Com 7,8kg per capita por ano, a França é a maior consumidora de manteiga do mundo. Presente nas três principais refeições também é símbolo do café da manhã tradicional, a manteiga tem uma imagem de “qualidade gustativa”. No entanto, quando se trata de alimentação “nutricionalmente correta” ela deixa a desejar. E a França não escapa à tendência européia deredução do consumo de “gordura”.

Um mercado maduro em declínio

Muito concorrido, o mercado francês sofreu uma redução de 1,1% de suas vendas em 2005, o que significa uma perda de quase 2000 toneladas em um ano. De quem é a culpa? Em primeiro lugar, do aumento dos produtos de gordura vegetal. Assim, a margarina, que antes representava somente 7% dos produtos do gênero em 1979, passou arepresentar 22% em 2005.
O abandono da manteiga em favor da margarina, não é essencialmente para utilização culinária, é uma tendência. O produto se apropriou rapidamente da discussão a respeito da saúde em relação à manteiga, que passou a ser responsabilizada por todos os males à saúde, já que é fonte de colesterol e por ser um produto “engordante”. Outra desvantagem: a manteiga é um produto deconsumo usual, portanto sua aquisição é rotineira e consequentemente pouco sujeita ao consumo impulsivo.
Para resistir a isso, as marcas redobraram a imaginação para fidelizar sua clientela e diferenciar seus produtos. Terroir (A.O.C), Orgânica, fácil de espalhar ou dietética...ao menos seis novos tipos de manteiga foram lançados no mercado a partir de 2005.


Lactalis e Bongrain:...
tracking img