Bertrand russeal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (318 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
APARÊNCIA E REALIDADE

Bertrand Russell. 

Os problemas da filosofia. Trad. Jaimir Conte. Florianópolis: 2005



A idéia central do texto de Bertrand Russell consiste emestabelecer uma relação entre o que sustentamos ser real e o que de fato é real. Para tanto, o autor perpassa por conceitos, entre os quais, o do senso comum que é estabelecido a partir de nossasexperiências cotidianas advindas de nossas percepções imediatas.

Os argumentos de Russell para distinguir o aparente do real são ilustrados ao longo do texto utilizando-se de um objeto, que em umsentido comum, posso denominar de mesa. Com efeito, o sentido comum no qual me refiro, fundamentado no autor em questão, engloba o que penso que sei do objeto tomando por base meus órgãos dossentidos.

Nesse sentido, Russell explana de maneira muito inteligível ao decorrer do texto, que nosso olhar, nosso sentir e nosso ouvir sobre determinada coisa nos propiciam um saber experiencialaparente, que aqui ouso denominar de “pseudo-saber”. Os saberes propiciados pela experiência (ou senso comum) nos fazem construir o real com base na aparência. Contudo, o real não é o que vemos, masalgo que infere no que vemos, e o que vemos muda com uma simples mudança de percepção.

Desse modo, estabelecendo uma relação entre a idéia desenvolvida por Russell acerca da mesa, em seucampo filosófico e a idéia do pensamento científico no contexto atual, parece-me presumível afirmar que no desenvolvimento de uma pesquisa, torna-se necessário quebrar as amarras pré-concebidasadvindas do senso comum e lançar-se de modo crítico referente a qualquer objeto de investigação. Sair do hábito da naturalização é o primeiro passo para quem quer produzir conhecimento. Do mesmo modoque o objeto de Russell (mesa) foi submetido a análises, o objeto de uma pesquisa científica também precisa ser verificado sob a luz de uma razão crítica em detrimento de um “pseudo-saber”.
tracking img