Beneficiamento da casca do coco verde

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3694 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumário
Utilização da casca de coco como substrato agrícola ...... 9
Introdução ................................................................. 9
Pó de casca de coco maduro ....................................... 12
Pó de casca de coco verde.......................................... 15
Utilização agrícola do pó de coco ................................. 16
Produção de mudas de melão................................................... 16
Produção de mudas de alface ................................................... 17
Enraizamento de estacas de crisântemo ..................................... 19
Formação de mudas de cajueiro ................................................ 19
Referências Bibliográficas ........................................... 21
Utilização da Casca de Cococomo Substrato Agrícola
Morsyleide de Freitas
Fred Carvalho Bezerra
Diva Correia
Francisco José de Seixas Santos
Fernando Antônio Pinto de Abreu
Angela Aparecida Lemos Furtado
Ana Kéli Lisboa Brígido
Elis Regina de Vasconcelos Norões
Introdução
A indústria de processamento de coco, verde ou maduro, gera uma quantidade
significativa de resíduos. No caso do coco maduro, as cascas são,geralmente,
utilizadas como combustível de caldeiras ou ainda processadas para beneficiamento
de fibras. Nesse caso, “coir” é o nome dado às fibras que constituem o
mesocarpo grosso ou casca do coco (Cocos nucifera L.) e que são usadas para
manufatura de cordoalhas, tapetes, esteiras e muitos outros produtos. O processamento
do “coir” gera uma quantidade considerável de pó mais fibras curtas,como rejeito (“coir pith” ou “coir dust”). Esse material já está sendo amplamente
usado, com sucesso, em diferentes partes do mundo como substrato ecologicamente
correto. A Figura 1 mostra como os resíduos resultantes do beneficiamento
de fibras de coco seco são dispostos.
A análise do comportamento histórico da oferta de coco verde, no mercado
brasileiro, demonstra crescimento expressivo. Aaplicação de tecnologias de
processamento e conservação da água-de-coco verde viabiliza o comércio desse
produto e otimiza o seu aproveitamento. Paralelamente, a perspectiva de exporta-
ção de coco verde para a Europa desponta como uma nova alternativa capaz de
garantir a rentabilidade da cultura ao longo de todo o ano.
No caso do fruto imaturo para consumo da água, 80% a 85% do peso brutorepresentam lixo (cascas), que não vem sendo aproveitado pela indústria de
beneficiamento de fibras, em função de características inadequadas. Devido ao
10 Utilização da casca de coco como substrato agrícola
Fig. 1. Pilha de resíduos (pó de
coco) do processamento de fibra
de coco seco.
volume substancial das cascas do fruto, esse problema aumenta, principalmente,
nos grandes centros urbanos,onde o material é de difícil descarte, sendo
enviado para lixões e aterros sanitários. A Figura 2 mostra o tipo de resíduo
gerado pelo consumo da água-de-coco verde.
Fig. 2. Cascas de coco verde.
Diante dessa realidade, algumas prefeituras aplicaram taxas de coleta diferenciadas
e chegaram até mesmo a vetar o consumo de coco verde na região.
De um modo geral, observa-se que diferentes tiposde resíduos agroindustriais
vêm sendo progressivamente aplicados como substrato (casca de arroz, bagaço de
cana, casca de pinus, etc.), (Backes & Kämpf, 1991; Flynn et al., 1995; Souza,
2000; Sainju et al., 2001), visando oferecer alternativas para produtores de
mudas e minimizar o impacto ambiental provocado pelos resíduos sólidos gerados.
Ultimamente, tem-se verificado a introdução decultivos agrícolas em substratos
à base de casca de coco seco, substituindo outros materiais, tais como: lã de
rocha, turfas de Sphagnum, areia, etc.
O sucesso de uma cultura depende, em grande parte, da utilização de mudas de
alta qualidade (Minami, 1995), e um dos principais fatores envolvidos na sua
formação é o substrato.
Foto: Fernando Antonio Pinto de Abreu
Fonte: PROJAR [199-?]...
tracking img