Belo desastre

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 454 (113305 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1

2

Para os fãs cujo amor por histórias transformou um desejo neste livro que você tem em mãos

3

1 Sinal de alerta 2 Canalha 3 Golpe baixo 4 A aposta .5 Parker Hayes 6 Divisor de águas 7 Dezenove 8 Boatos 9 Promessa 10 Indiferença 11 Ciúmes 12 Embalos a dois 13 Full House 14 Cidade do pecado 15 Lar 16 Não, obrigada 17 A caixa 18 Hellerton 19 Última dança 20 Fumaça 21 Avião Epílogo 4

Era como se tudo naquela saída berrasse para mim dizendo que ali não era o meu lugar. As escadas se desfazendo, aquele alvoroço de clientes briguentos, e o ar, uma mescla de suor, sangue e mofo. As vozes viravam borrões enquanto as pessoas gritavam números e nomes, num constante vaivém, acotovelando-se para trocar dinheiro e gesticulando para se comunicar em meio a tanto barulho. Passeiespremida pela multidão, logo atrás da minha melhor amiga. — Deixe o dinheiro na carteira, Abby! — América gritou para mim. Seu largo sorriso reluzia mesmo sob aquela fraca iluminação. — Fiquem por perto! Vai ficar pior assim que começar! — Shepley avisou, bem alto para ser ouvido. América segurou a mão dele e depois a minha, enquanto Shepley nos guiava em meio àquele mar de gente. O som agudo de ummegafone cortou o ar repleto de fumaça. O ruído me deixou alarmada. Tive um sobressalto e comecei a procurar de onde vinha aquela rajada sonora. Um homem estava em pé sobre uma cadeira de madeira, com um rolo de dinheiro em uma das mãos e o megafone na outra, colado à boca. — Sejam bem-vindos ao banho de sangue! Se estão em busca de uma aula de economia... estão na merda do lugar errado, meusamigos! Mas se buscam O Círculo, aqui é a meca! Meu nome é Adam. Sou eu que faço as regras e convoco as lutas. As apostas terminam assim que os oponentes estiverem no chão. Nada de encostar nos lutadores, nem ajudar, nem mudar a aposta no meio da luta, muito menos invadir o ringue. Se quebrarem essas regras, vocês serão esmagados, espancados e jogados pra fora sem nenhum dinheiro e isso vale pravocês também, meninas. Então, não usem suas putinhas para fraudar o sistema, caras! Shepley balançou a cabeça.

5
— Que é isso, Adam! — ele gritou para o mestre de cerimônias, em clara desaprovação à escolha de palavras do amigo. Meu coração batia forte dentro do peito. Com um cardigã de cashmere cor-de-rosa e brincos de pérola, me sentia uma velha professora nas praias da Normandia. Eu haviaprometido a América que conseguiria lidar com o que quer que acontecesse com a gente, mas, naquele lugar imundo, senti uma necessidade urgente de agarrar seu braço magro com ambas as mãos. Ela não me colocaria em perigo, mas estar em um porão com mais ou menos cinquenta universitários bêbados, sedentos por sangue e dinheiro... Bem, eu não estava exatamente confiante quanto às nossas chances de sairdali ilesas. Depois que América conheceu Shepley durante a recepção aos calouros, com frequência ela o acompanhava às lutas secretas que aconteciam em diferentes porões da Universidade Eastern. Cada evento era realizado em um local diferente, que permanecia secreto até exatamente uma hora antes da luta. Como eu frequentava círculos bem mais comportados, fiquei surpresa ao tomar conhecimento dosubmundo da Eastern; mas Shepley já sabia daquele mundo antes mesmo de ter se juntado a ele. Travis, o primo e colega de quarto dele, participara de sua primeira luta sete meses atrás. Como calouro, os rumores diziam que ele era o competidor mais letal que Adam tinha visto nos três anos desde a criação do Círculo. Quando começou o segundo ano, Travis era imbatível. Juntos, ele e Shepley pagavam oaluguel e as contas com o que ganhavam nas lutas, fácil, fácil. Adam levou o megafone à boca de novo, e os gritos e movimentos aumentaram em um ritmo febril. — Nesta noite temos um novo desafiante! O lutador de luta livre e astro da Bastem, Marek Young! Seguiram-se aplausos e gritos eufóricos da torcida. A multidão se partiu como o mar Vermelho quando Marek entrou na sala. Formou-se um círculo, como...
tracking img