Beleza

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7434 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O corpo como uma fábrica de sonhos: representações sociais de corpo entre mulheres praticantes de atividade físicas que fizeram intervenções cirúrgico plásticas corretivas

Dirceu Ribeiro Nogueira da Gama*
dirceugama@ufam.edu.br
Ana Paula Brito Nogueira da Gama**
paula.dirceu@hotmail.com

*Doutor em Filosofia – Universidade Gama Filho
Professor de Sócio-Antropologia do Movimento Humano
eEsportes da Universidade Federal do Amazonas/Brasil
**Licenciada Plena em Educação Física pela
Universidade Estácio de Sá/Brasil

Resumo
A questão da adesão das mulheres às atividades físicas vêm sofrendo a interferência de diversos fatores sociais, econômicos e políticos, ao longo da história. Nos dias contemporâneos pode-se dizer que as mídias de massa figuram entre essesfatores. Neste sentido é de se esperar que ela e seus conteúdos, principalmente na forma como consideram o corpo feminino, exerçam influências sobre o modo como as mulheres representam este último. Assim, o objetivo do nosso trabalho consiste de investigar as representações sociais de corpo de mulheres praticantes de atividade físicas que já se submeteram voluntariamente à intervenções cirúrgicoplásticas corretivas. Quanto a metodologia adotada para a coleta de dados empíricos optou-se pela observação direta da realidade, própria do método etnográfico, e pela entrevista semi-estruturada. Os dados foram analisados segundo a técnica de análise de conteúdo. Em relação aos resultados as seguintes marcas da realidade que foram encontradas: auto estima, tensão saúde e beleza e tensão parte X todo.Concluímos então que a cirurgia não é vista como mecanismo de emenda do que faltou ao treinamento, mas sim o processo primário mesmo de modificação corporal consoante as referências e critérios dessas mulheres.
Unitermos: Mulheres. Corpo. Representações sociais. Estética. Mídias.

http://www.efdeportes.com/ Revista Digital - Buenos Aires - Año 13 - Nº 128 - Enero de 2009
IntroduçãoPor muito tempo no decorrer da história da humanidade, as mulheres ficaram distantes das práticas corporais com sentido não estritamente funcional. A função de reprodutora da espécie favoreceu sua subordinação ao homem. Sobre isso, Bessa (2007) nos diz que muitas civilizações acreditaram que, por fatores biológicos, a constituição do corpo feminino era considerada frágil e incapaz de assumir adireção de chefia do grupo familiar, o que tornava-a uma figura passiva e necessitada de grandes cuidados. Em grande medida, tal crença acarretou a idéia de que o papel social feminino limitava-se ao parto, maternidade e ao cuidado do lar. Em muitas culturas, ela era considerada mais como um objeto do que como um sujeito ativo.
Em função disso, lembra Tubino (1992), as participações femininasem atividades físico-desportivas de cunho competitivo praticamente não aconteciam nesses tempos. Apenas aos homens cabia tomar parte em tais eventos. No caso específico da civilização grega antiga, as mulheres eram proibidas de tomar parte nos torneios e campeonatos dos Jogos Olímpicos, Píticos, Ístmicos, etc. Essa situação só veio a ser revertida em definitivo nos Jogos Olímpicos da Era Moderna, apartir da década de 20, mesmo em franca contrariedade com as idéias do Barão de Coubertin, o qual acreditava que o sexo feminino deveria somente coroar os grandes campeões masculinos.
De acordo com Votre e Mourão (2005) a participação feminina em Jogos Olímpicos teve início em 1900, nos Jogos de Paris. As mulheres representavam 1% do total de participantes (11 mulheres). Entretanto, elas nãoeram reconhecidas como atletas, já que a participação feminina nos jogos não tinha o consentimento do Comitê Olímpico Internacional – COI. Contudo, deve-se considerar que essa iniciativa, por mais simplória que pareça, abriu uma porta para as mulheres transcenderem os limites de seus lares, possibilitando o alargamento do estreito círculo familiar. Algumas tornaram-se, inclusive, sócias e...
tracking img