Bela Açougueira Resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 9 (2223 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 16 de agosto de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
- O sonho da bela açougueira

Neste texto trata-se de uma paciente que diz que seu sonho não segue o padrão onde diz que “todo sonho é a realização de um desejo”. Conta que neste sonho quer fazer uma ceia, porém não consegue, que só tem salmão defumado e que seria pouco.
Freud questiona sobre o que acorreu antes do sonho, em seu dia, já que o sonho são vestígios de nossos dias. A pacientetraz então a vontade do marido em emagrecer e diz que ele não iria mais aceitar ceiar e começaria a praticar atividades físicas, tais dados ainda não serviram para uma boa interpretação deste sonho.
A paciente acrescenta que encontrou-se com uma amiga, esta que seu marido (da paciente) sempre elogia. Sua amiga sempre muito magra, o que ela sabia não ser interesse do marido, porém tinha ciúmes, suaamiga pergunta quando iria ser convidada para jantar na casa da paciente novamente, por conta de sua deliciosa comida.
Freud faz algumas interpretações a respeito do sonho, com esses dados ditos, como o não fazer a ceia ser uma resposta para que sua amiga permaneça magra e não gere interesse em seu marido. Há também no discurso da paciente a seu pedido que o marido não lhe dê caviar, como umabrincadeira entre eles, onde certa vez sentiu vontade de comer sanduiche de caviar, mas falava para seu marido não lhe dar, como uma resposta satisfatória para essa brincadeira.
Durante a análise Freud questiona como a paciente chegou até o salmão do sonho, ela diz que é o prato predileto de sua amiga. Conhecendo a amiga da paciente, Freud diz que o desejo pelo salmão é o mesmo que a paciente porcaviar, sendo assim um desejo insatisfeito.
Então uma nova hipótese, mais sutil, onde se coloca no lugar de sua amiga com esse desejo insatisfeito, oferece o salmão, assim como gostaria do caviar, porém para que sua amiga não engorde a oferta não é concluída.
Como uma ultima hipótese, não desprezando as de mais, como contraditórias ou sem validade, Freud diz que sua paciente faz uso daidentificação histérica neste sonho. Não uma imitação histérica como se costuma dizer, quando em meio a vários pacientes, um tem uma patologia e os de mais aparecem com a mesma, mas a identificação que não chega ao consciente.
O histérico, com a identificação, não é somente um personagem de uma peça teatral, mas sim todos, pois o sentimento do outro infere em seu corpo, como que inconscientemente játivesse a mesma patologia por medo de tê-la realmente algum dia. A identificação se dá para expressar um elemento sexual.
A fantasia histérica é como um sonho, como o caso da paciente em questão, seu ciúmes (mesmo que sabendo não ter fundamento) a leva a ser a amiga no sonho, identificando-se com ela por meio de um desejo renunciado (salmão/caviar).
- Os escritos: V parte (p 631 – 635)
Lacaninicialmente fala sobre a realização do desejo e o sonho se referindo a Freud. Trata do sonho anterior dando mais relevância ao desejo da bela açougueira em comer caviar, o porque dessa necessidade que poderia ser satisfeita não ter sido.
O marido da “histérica espirituosa” em questão é tratado como um homem ideal, aquele que quando lisonjeado por um pintor que gostaria de desenhar seu rosto égrosseiro, falando para pintar um pedaço de um traseiro de uma mulher, porém com sua mulher busca satisfazê-la completamente. A mulher é muito apaixonada por seu marido e não disfarça seu amor e também o provoca incessantemente.
Porém ela não quer ser satisfeita em suas verdadeiras necessidades, mas em outras, gratuitas. Para ter certeza de que será, não quer que sejam satisfeitas. É então que Freuddesvenda a verdade, quando não diz ser imitação esse desejo de não ser satisfeito, trata-se da identificação histérica.
No sonho a paciente prepara o jantar para amiga, porém o que não se sabe é o motivo de não convidá-la, já que ali se janta bem, porém o que não escapa a sensibilidade da açougueira é que seu marido faz elogios a amiga, porém ela é magra e não o agrada. Pensar no desejo...
tracking img