Behaviorismo radical de skinner: o bicho de sete cabeças dos antigos manicômios brasileiros

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1398 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Behaviorismo Radical de Skinner: O Bicho de Sete Cabeças dos antigos Manicômios Brasileiros

Introdução

O presente estudo visa tratar o behaviorismo radical de Skinner usado erroneamente pelos antigos manicômios brasileiros. O behaviorismo radical de Skinner usa do pensamento do homem, exposto em seus comportamentos para poder controlá-los, mudando basicamente a resposta, a partir deestímulos.

“Os familiares, "cheios de boas intenções" ficam cúmplices do hospício e de suas cruéis torturas, só tirando Neto do hospício quando já era tarde. A violência sádica dos enfermeiros, que usam todos os recursos do hospício para subjugar os pacientes, desde a antiga camisa de força ao quarto "forte" e o eletro choque, tudo isso pode levar uma pessoa a deixar de ser gente, a perder a vontadee a consciência de si, a virar uma coisa!”

Como o uso de determinadas técnica behavioristas pode lesionar o psíquico de um ser humano?
A partir dessa questão problema, traçamos como objetivos específicos do trabalho:
1. Conceituar o behaviorismo radical de Skinner de forma sintetizada e objetiva;
2. Levantar as questões abordadas no filme Bicho de Sete Cabeças;
3. Relacionar o behaviorismoradical e o tratamento errôneo de pacientes neuropsiquiátricos dos antigos manicômios brasileiros.


Com o presente trabalho chegaremos à conclusão que os “efeitos colaterais” de um tratamento de eletro choque ou por qualquer outro de meio de mecanismo de controle comportamental pode ser irreversível e injustificável. O profissional deve em todas as concepções das escolas da psicologiaverificar e contrabalancear os danos que podem ser causados pela metodologia equivocada.



DESENVOLVIMENTO
Behaviorismo radical de Skinner
O behaviorismo é uma escola da psicologia que se embasa no estudo do comportamento, sendo titulada por muitos como: Teoria Comportamental, Análise Experimental Comportamental ou ainda Análise do Comportamento. Sendo iniciados seus conceitos pelo famosopsicólogo estadunidense John B. Watson.
O estudo comportamental tornou-se predominante por estudantes da psicologia. Passando por várias tangentes, como o behaviorismo metodológico e o radical. Sendo este último foco do presente trabalho.
Burrhus Frederic Skinner, psicólogo contemporâneo nascido nos Estados Unidos em 1904. Conceituado o professor universitário, lecionou em várias faculdades e até mesmoem Harvard. Escritor de livros com temática behaviorista titulados: “Behavior of Organisms”, “Verbal Behavior”, “Science and Human Behavior”.
Skinner defende uma posição divergente da originária, estudos das demonstrações empíricas de laboratório, mudando seu foco para a transformação do comportamento. O behaviorismo radical parte do pressuposto que, o homem não possui o controle de seu corpo,podendo assim ser controlado por forças externas, forças ambientais.
Anota sintetizadamente o psicólogo experimental J.V. Mc Connel: “podemos combinar privação social com drogas, hipnose e a hábil manipulação de recompensas e punições para obter o controle quase que absoluto sobre o comportamento do indivíduo”.
As variáveis que controlam o comportamento em hipótese alguma podem serconsideradas processos mentais e, portanto, para saber "o que alguém está pensando", basta observar seu comportamento – "pensar é comportar-se" (Skinner, 1974, p. 104).
Baseando nesse princípio de observação do comportamento para saber o que alguém está pensando, ou almeja, o passo seguinte passa a ser a modificação desse pensamento. Tal método pode ser classificado erroneamente como “castraçãocomportamental”. Utilizando-se de técnica não muito bem vistas pela sociedade atual. Tais técnicas estão diretamente relacionadas para o tratamento e modificação do comportamento, ainda que indiretamente relacione às concepções tecnológicas do behaviorismo radical de Skinner, como a psicocirurgia, o eletro choque e as drogas.
“Ao contrário da filosofia da mente tradicional, que defende a existência de...
tracking img