Baruch spinoza

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1027 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TURMA: 2.6
MATÉRIA: FILOSOFIA

René Descartes
&
Baruch Spinoza



BLUMENAU, 17 DE OUTUBRO DE 2012.

Introdução
O presente trabalho tem o objetivo de mostrar a história e o pensamento de dois dos maiores filósofos da humanidade: René Descartes e Baruch Spinoza.

René DescartesFilósofo, matemático e fisiologista, o francês René Descartes é considerado o pai da matemática e da filosofia moderna. Nasceu em La Haye (em 1802, a cidade passou a ser chamada de La Haye-Descartes), província de Touraine, no dia 31 de março de 1596. Filho do advogado, juiz, conselheiro do parlamento da província de Rennes. Possuía título de primeiro grau de nobreza. René foi criado por uma babáe por sua avó, embora sempre tenha tido contato com o pai viúvo.
Formou-se em Direito pela Universidade de Poitiers. Dois anos depois, ingressou no exército tendo contato com as descobertas recentes da Matemática. Aos 22 anos, começa a formular sua "geometria analítica" e seu "método de raciocinar corretamente".
Descartes relata que viveu uma noite extraordinária no final de 1619. Ele ficavanessa época sozinho em um cômodo aquecido, onde podia se entregar à atividade intelectual. Uma visão extraordinária, um insigth. Numa noite iluminada, teve uma revelação dos fundamento de uma ciência admirável, de dimensão universal. Descartes resolvera viajar para procurar a verdade no Grande Livro do Mundo. em 1619 sai da Holanda e viaja pela Europa. Estava finalizando o seu Tratado sobre o Mundoe Sobre o Homem quando lhe veio a notícia da condenação de Galileu por suas teorias científicas. Além disso, a Inquisição estava correndo solta na Europa, Descartes sabia da morte na fogueira de Giordano Bruno e da prisão de Campanella. Como sua obra tinha um caráter inovador, que defendia a primazia da ciência, ela podia não ser bem aceita pela Igreja. E por isso Descartes resolveu não torná-lapública.
Entre 1629 e 1633, Descartes redige o Tratado do Mundo, mas não o publica por receio da Inquisição, que acabara de condenar Galileu. A primeira obra de Descartes teve como título Essays Philosophiques. A introdução ficou mais famosa que a própria obra: O discurso do método, onde, na quarta seção, encontra-se sua frase mais famosa – “Penso, logo existo”.
Criou um método para verificar averacidade das coisas cotidianas seguindo quatro passos:
a) jamais acolher algo como verdadeiro, a não ser que seja absolutamente evidente, e não acolher no juízo o que não seja claro e indubitável. É a regra da evidência;
b) a segunda regra, que tem um jeito matemático, diz para dividir as dificuldades em quantas partes fosse possível e necessário para resolvê-las;
c) a terceira regra é conduzircom ordem os pensamentos, começando com os mais simples e indo para os mais complicados, dos mais fáceis de conhecer para os compostos. Descartes também afirma, em outro trecho, que não se fia nos primeiros pensamentos. Na terceira regra é preciso fazer uma síntese da realidade complexa, que foi decomposta em partes menores;
d) a última consiste em fazer em toda a parte enumerações e revisõescompletas, para nada se omitir.

Baruch Spinoza
Spinoza era de descendência judaica portuguesa. Sua família havia fugido de Portugal devido à Inquisição Portuguesa para Amsterdã, onde Spinoza nasceu. Foi um dos grandes pensadores renascentistas com René Descartes e Gottfried Leibniz e fundador do criticismo bíblico moderno.
Ganhou fama pelas suas posições opostas à superstição (a Natureza sendoum conceito filosófico, e não religioso), e ainda devido ao fato da sua ética ter sido escrita sob a forma de postulado e definições, como se fosse um tratado de geometria.
Após criticar as duas maiores religiões – judaísmo e cristianismo – Spinoza foi excomungado do judaísmo e mudou o nome de Baruch para Benedictus, tradução do nome para o latim.
Spinoza, ao contrário de Descartes, estava...
tracking img