Barroco em portugal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2654 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Barroco em Portugal

O Barroco em Portugal
O Barroco em Portugal durou cerca de dois séculos (finais do século
XVII e século XVIII), coincidindo parcialmente com um tempo difícil na
situação política e económico-social e, como consequência, cultural e
artística - domínio filipino, perda de algumas colónias, guerra da
Restauração, crise dinástica (D. Afonso VI/D. Pedro III) e o controlodo
Santo Ofício.
Os tempos de esplendor foram os dos reinados de D. João V
(1706-50) e de D. José I (1750- 77), a que corresponderam o
absolutismo régio e as importações de ouro e diamantes do Brasil.

O Barroco em Portugal
Arquitectura

Artisticamente, a arquitetura barroca portuguesa definiu-se,
primeiro, como um prolongamento do Maneirismo tardio, que
seguiu as orientações doConcílio de Trento, através da
influência espanhola.
São disso exemplo as igrejas de planta retangular, fachadas
simples e regulares, com duas torres e com sobriedade
decorativa, exceto nos altares - Barroco Severo.

O Barroco em Portugal
Arquitectura
João Nunes Tinoco (m. 1690) e João Antunes (1643-1712) são
autores de algumas das melhores igrejas deste tempo.
Da autoria destes doisarquitetos e já tipicamente barroca é a Igreja de
Santa Engrácia, em Lisboa.
Possui planta centrada e tem uma conceção ondulante do espaço
interno e da fachada, que é acompanhada pela cornija, e pela
decoração policroma de mármore, no interior

O Barroco em Portugal
Arquitectura
João Nunes Tinoco e João Antunes, Igreja de
Santa Engrácia, iniciada em 1682, Lisboa.
É hoje o Panteão Nacional. A suafachada é
simples e a planta segue os modelos de S.
Pedro de Roma, de Bramante, com quatro
semicúpulas.
O interior é ricamente decorado com
mármores policromos.

O Barroco em Portugal
Arquitectura

O Barroco em Portugal
Arquitectura
As plantas centradas, sobretudo
circulares, foram usadas em
Portugal desde o Renascimento e
mantiveram-se até ao Barroco.
É o caso da Igreja doSenhor da
Cruz, em Barcelos e a do Senhor
da Pedra, em Óbidos (1740-47).

Santuário do Senhor Jesus da Pedra

O Barroco em Portugal
Arquitectura

João Antunes, Igreja do Senhor da
Cruz, 1701, Barcelos
O plano é central e a cúpula baixa é
coberta com telha portuguesa.

O Barroco em Portugal
Arquitectura
A partir do final do século XVII, sobretudo no
reinado de D. João V. dá-se
umarevitalização das artes no país.
Para isso contribuiu a obra
de vários artistas
estrangeiros, convidados
pelo rei para aqui
trabalharem, como no caso
de Ludovice (1670-1752),
que influenciaria toda a
arquitetura do
Centro e Sul do país.

O Barroco em Portugal
Arquitectura
Na arquitetura barroca portuguesa misturam-se
características internacionais e elementos
nacionais, criando umaarte peculiar, sobretudo em
termos decorativos, com os interiores animados
com talha dourada e azulejo - a talha e azulejaria
joaninas.

O Barroco em Portugal
Arquitectura
No Norte do país, foi marcante a influência do italiano Nicolau
Nasoni (1691-1773). que conjugou a sua formação italiana com o
gosto português e a expressão da pedra granítica.
As suas construções adaptaram-se aosterrenos a
construir e nelas o granito, matéria rude e dura, foi
tratado com expressividade e movimento,
explorando os efeitos da luz difusa do Norte do
país.

Igreja dos Clérigos

O Barroco em Portugal
Arquitectura

Obras suas dignas de nota são a
fachada e renovação da Igreja do
Bom Jesus de Matosinhos, a
fachada da Igreja da Misericórdia,
o Paço Episcopal e a galilé, ou
loggia, daSé, todos no Porto e,
sobretudo, a Igreja e Torre dos
Clérigos
Nasoni, fachada da Igreja do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, 1743
A fachada horizontal é limitada por duas torres e a decoração que a
compõe é feita de frontões, florões, palmetas e volutas.

O Barroco em Portugal
Arquitectura

Igreja da Misericórdia, na Rua das Flores.

O Barroco em Portugal
Arquitectura

Paço...
tracking img