Barreiras comerciais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1256 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Barreiras ao comércio internacional
O comércio internacional se faz necessário, pois nenhum país é auto-suficiente por completo. Porém essas negociações enfrentam algumas barreiras, como por exemplo a moeda pode ser diferente, a língua, cultura, pesos e medidas as legislações são outro fator que dificulta mais o negócio. Essas são barreiras aceitáveis do comércio exterior.
Já tentaramestabelecer uma moeda única, porém uma moeda sofre alterações de acordo com as políticas econômicas de seu próprio país, então mesmo que hoje todas as modas tivessem o mesmo valor, daqui um ano poderia mudar.
Há também barreiras inaceitáveis, que acaba gerando o enfraquecimento ou até mesmo a quebra das indústrias nacionais e nesse caso não é só o empresário que é afetado, mas sim, toda uma cadeia depessoas que dependem daquela organização. Para que isso não acontece o governo toma medidas como aumentar o imposto aduaneiro.
Existem alguns fatores que prejudicam muito o livre comércio internacional, são ele: os monopólios , os dumpings, os oligopólios, os trustes e os cartéis.
Monopólio: quando um país detém todo um mercado, com isso pode aumentar o preço da forma que entender. Essa praticafuturamente pode ser prejudicial também para o país que está com esse poder, pois os compradores podem futuramente arrumar outro fornecedor.
Dumping: é o ato de vender mais barato que o preço de custo, quebrando os concorrentes, para no futuro obter o monopólio. No comércio internacional isso pode ser facilmente observado quando o preço do produto importado é inferior que o da produção local.
NoBrasil o dumping é ilegal sendo a China a maior ré em processos desse tipo.
Os Estados Unidos tributa com sobretaxa aduaneira o que ele entende que está amparado em dumping.
Oligopólio: quando um mercado está nas mãos de uns poucos concorrentes, geralmente são empresas poderosas que quebram as concorrentes menores e ficam com o mercado, e assim podem vender a preços que bem entenderem.
Truste:varias empresas se unem e acabam monopolizando o mercado, isso é combatido com a legislação.
Cartel: é outra forma de eliminar a concorrência pois as empresas combinam preços, além de quotas de produção.
Outras barreiras ao comércio internacional são os esquemas protecionistas: subsídios, barreiras alfandegárias, taxas múltiplas de câmbio, licenças de importação e exportação, quotas deimportação.
Subsídios: é a maneira que o governo encontra de “ajudar” a produção nacional. Porém isso onera o bolso do cidadão pois será ele quem pagará o imposto. Subsídios podem acarretar a pratica do dumping também. Esse tipo de ação apenas mascara um problema pois ele impulsiona os produtores mas com o tempo torna-se obsoletos.
Os países ricos pregam o livre comércio mas estão sempre subsidiando suasproduções. Em 2003 a União Européia mudou sua legislação a favor de subsídios, os Estados Unidos também gasta bilhões por ano para isso.
Foi criado o grupo de Carns que é a união de vários países que respondem por um terço da produção agrícola do mundo. Esse grupo luta na OMC contra os subsídios dos países ricos. Fazem parte dele: Argentina, Austrália, Bolívia , Brasil, Guatemala, Indonésia,Malásia, Nova Zelândia, Uruguai, entre outros.
Barreiras alfandegárias: com o aumento da população deve-se criar novos empregos, e para tal novas indústrias porém não é sempre que essas industrias tem a competitividade necessária então cria-se as barreiras alfandegárias. Essas barreiras podem vir em forma de taxas, tarifas ou até mesmo quotas de importação.
Infelizmente essas barreiras alfandegáriasprejudicam muito mais os países pobres do que os ricos, apesar de pensarem que isso seria uma forma de se defenderem contra as superpotências.
Taxas múltiplas de câmbio: o governo pode intervir na taxa de câmbio fixando uma paridade para a moeda fora da realidade por exemplo de U$1,00 deveria custar R$3,00 o governo abaixa para R$ 2,00 para tentar reter o aumento dos preços dos produtos...
tracking img