Bancos comerciais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1058 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
BANCOS COMERCIAIS

Os Bancos Comerciais são instituições financeiras particulares ou estatais com o objetivo de atender as necessidades financeiras da população em geral, do comércio, das indústrias e dos prestadores de serviços. São instituições responsáveis por receberem o pagamento de títulos e documentos como duplicatas, boletos, prestações entre outros papéis do sistema de pagamentos,repassando o valor correspondente às entidades empresariais identificadas.

São responsáveis pelo financiamento a curto, médio e longo prazo de móveis e imóveis. Também é atividade dos Bancos Comerciais a captação à vista de recursos financeiros (depósitos), livremente movimentáveis. As pessoas buscam um Banco no intuito de aplicar suas economias visando às capitalizações oferecidas, isto é, osrendimentos financeiros pagos pelos bancos na utilização do dinheiro depositado. De uma forma mais simples, emprestamos dinheiro aos bancos e eles pagam juros por esses empréstimos, da mesma forma que pagamos juros ao requisitarmos junto a uma instituição bancária um crédito a prazo. É nessa negociação que os Bancos faturam seus lucros, pois as taxas de juros pagas são inferiores aos juros cobradospor empréstimos aos clientes. Essa diferença entre as taxas de juros das operações de débito e crédito é chamada de spread, constituindo uma das principais fontes de lucro de um Banco Comercial.
Dentre os principais produtos oferecidos aos clientes - pessoa física e jurídica - estão:
 
*  Recebimentos e descontos de títulos.
* Abertura de conta corrente ou poupança.
* Concessão decrédito pessoal, empresarial e rural mediante análise de registros.
* Realizar operações cambiais internacionais.
* Captação de depósitos à vista e a prazo fixo.
* Comercialização de produtos relacionados a capitalizações.
* Cobrança e arrecadação de tributos públicos e tarifas.
* Conceder prestação de serviços mediante convênio.
* Informar a seus clientes sobre as melhoresaplicações, rendimentos e cobrança de tarifas de serviços prestados.
* Conceder, a qualquer momento, a seus clientes os recursos provenientes de depósitos efetuados em conta corrente e conta poupança.
* Disponibilizar caixas eletrônicos distribuídos em pontos estratégicos no município de atuação.
 
MERECE DAR UMA LIDA
Para entender melhor qualquer efeito de uma crise mundial, é precisoanalisá-la alguns anos depois de ter sido deflagrada para compreender seus efeitos. Por exemplo, no caso da crise de 1929, que alguns chegaram, equivocadamente, a comparar com a atual, é preciso examinar o que aconteceu nos dez anos seguintes. Em 1933, o Produto Nacional norte-americano estava um terço menor que o de 1929. Não antes de 1937, o volume físico da produção recuperou os níveis alcançadosem 1929, e então rapidamente reduziu-se de novo. Em 1933, havia cerca de 13 milhões de desempregados , o que significa que a cada quatro pessoas, uma estava sem trabalho.
Muito disso teve origem no sistema bancário e, claro, geraria repercussões relevantes na regulação do sistema financeiro americano, baseada em ideias que perduram até hoje. Para uma situação como essa, há sempre uma propostaregulamentar a postos para redesenhar a arquitetura do sistema. Uma delas foi separar a função de emprestar daquela de investir. Traduzida na divisão do sistema financeiro entre bancos comerciais e bancos de investimento, a proposta foi rapidamente aceita como a solução para a especulação. Foi o Glass-Steagall Act que inaugurou tal separação. A maior justificativa para sua aprovação, contudo, foique ocorreu muito mais em função da tentativa de encontrar um “bode expiatório” adequado (os bancos) do que corrigir eventuais deficiências sistêmicas – se bem que o medo das falências bancárias efetivamente rondasse todos os políticos da época.
O Glass-Steagall Act representava, na verdade, duas leis, propostas pelos democratas Carter Glass, senador da Virgínia que havia sido secretário do...
tracking img