Banco de dados comercial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1169 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1 Primeiro Banco de Dados

Antes mesmo de surgirem os bancos de dados relacionais, e antes até da vinda dos discos rígidos. Ou seja, em meados da década de 50, os dados eram armazenados em fitas magnéticas e Decks de cartão perfurado. A leitura era feita sequencialmente, os programas realizavam seu trabalho de forma específica.
Ao longo dos anos, em 1957 o Departamento de Defesa dos EstadosUnidos da América inaugurou o CODASYL que além de ser conhecida por ter criado o COBOL, também foi responsável por criar o primeiro banco de dados.

2 Primeiro Banco de Dados Comercial

O problema associado com os sistemas de ficheiros plana levou ao desenvolvimento da primeira base de dados comercial - IMS (Sistema de Gestão de Informação), da IBM. IMS é considerado um banco de dadoshierárquico, o que significa que os ponteiros são usados para estabelecer as relações de dados. IMS continua a ser muito popular hoje, e é bem adequado para sistemas de modelagem em que as entidades são naturalmente de natureza hierárquica.
Mesmo a IBM sendo a companhia que inventou o conceito original e o padrão SQL, ela não produziu o primeiro sistema comercial de banco de dados. Segundo Rodrigo, ofeito foi realizado pela Honeywell Information Systems Inc., cujo sistema foi lançado em junho de 1976. O sistema era baseado em muitos princípios do sistema que a IBM concebeu, mas foi modelado e implementado fora da IBM.
Vale ressaltar que o primeiro sistema de banco de dados construído baseado nos padrões SQL começaram a aparecer no início dos anos 80 com a empresa Oracle através do Oracle 2 edepois com a IBM através do SQL/DS, servindo como sistema e repositório de informações de outras empresas.

3 Principais problemas com os primeiros bancos de dados

Os problemas aparentes dois primeiros bancos de dados, que por sinal são vistos não só nestes primeiros como aos atuais são os seguintes:
Redundância e Inconsistência de dados: Desde a geração de arquivos em formatosdiferentes até mesmo a questão de informações duplicadas em diferentes locais, podendo por fim ter uma cópia com valor diferente;
Dificuldade no acesso aos dados: Procuras mais precisas, onde o usuário necessita extrair as informações manualmente ou procurar um programador para fazer um aplicativo para o mesmo fazer a consulta em específico;
Isolamento dos dados: Com dados espalhados, com arquivosseparados e formatos diferentes, é difícil gerar novos arquivos para recuperar todos os dados;
Anomalias de acesso concorrentes: Obtenção de tempo de resposta aos dados, fato que pode gerar inconsistência ao caso de dois clientes acessarem dois saques de uma mesma conta, ou seja, usando os mesmos dados simultaneamente;
Problemas de segurança: Nem todo usuário deveria ter acesso ao banco dedados;
Problemas de integridade: os valores dos dados armazenados necessitam satisfazer certas restrições. Por exemplo, o saldo nunca estar abaixo de $25. Estas restrições podem estar contidas nos programas aplicativos, mas quando novas restrições forem adicionadas, é difícil de alterar estes programas.

4 Modelo Relacional de Banco de dados

Foi criado por Edgar Frank Codd em 1970, o modelorelacional foi o primeiro modelo de dados escrito teoricamente, e assim os demais bancos existentes passaram a serem conhecidos como (modelo hierárquico, modelo em rede e modelo de listas invertidas).
Vale ressaltar também que o modelo relacional provém de um modelo subjacente de um Sistema Gerenciador de Banco de Dados (SGBD), que se baseia no princípio de que todos os dados estão guardados emtabelas (ou em relações).
Para simplificar, podemos dizer que o modelo relacional segue dois conceitos: Entidades e Relação. Entidades seria os dados recolhidos, usado então para a construção de tabelas. E relação seria o modo como se associam os registros destas tabelas com outras.
Por fim, as vantagens do modelo relacional são: a linguagem interativa e próxima da linguagem natural (inglês);...
tracking img