Banco de dados (alguns componentes)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1349 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

SUMÁRIO 1
1. RELACIONAMENTO (MODELO RELACIONAL) 2
2. ENTIDADES 2
3. ATRIBUTOS 3
3.1 Atributos Compostos 3
3.2 Atributos Derivados 3
4. MER 4
5. MODELAGEM DE DADOS 4
5.1 Modelo Conceitual 4
5.2 Modelo Lógico 5
5.3 Modelo Físico 5
6. INTEGRIDADE DE DADOS 5
6.1 Integridade de Entidade 5
6.2 IntegridadeReferencial 5
7. NORMALIZAÇÃO 6
7.1 Primeira Forma Normal (1FN) 6
7.2 Segunda Forma Normal (2FN) 6
7.3 Terceira Forma Normal (3FN) 7
8. CONCLUSÃO 8
9. BIBLIOGRAFIA 9

1. RELACIONAMENTO (MODELO RELACIONAL)

O modelo relacional é um modelo de dados, é utilizado em um Sistema Gerenciador de Banco de Dados (SGBD), nele todos os dados estão guardados em tabelas(relações). É baseado na lógica de predicados e na teoria dos conjuntos. O modelo baseia-se em dois conceitos, o conceito de entidade e o de relação.
Esse modelo é sucessor do modelo hierárquico e do modelo de rede, foi criado por pelo Dr. Codd e aprimorado por Chris Date e Hugh Darwen, como um modelo geral de dados.
O modelo relacional permite criar um modelo lógico consistente da informação a serarmazenada. Ele pode ser refinado através de um processo de normalização, que melhora a consistência lógica do projeto do banco de dados e o desempenho das transações. Um banco de dados totalmente baseado no modelo relacional estará inteiramente normalizado.
O princípio básico do modelo relacional é o princípio da informação: toda informação é representada por valores em relações (relvars). Asrelvars não são relacionadas umas às outras no momento do projeto. Entretanto, o mesmo domínio pode ser utilizado em várias relvars. Se um atributo for dependente de outro, esta dependência é garantida através da integridade referencial.

2. ENTIDADES

Uma entidade é um objeto que existe e se distingue dos outros objetos. Por exemplo o número de um CPF, que é único no universo. Uma entidadepode ser concreta, como uma pessoa , ou pode ser abstrata, como um conceito.
Um conjunto de entidades é um conjunto de entidades do mesmo tipo. O conjunto de todas as pessoas com conta em um banco, por exemplo, pode ser definidos como o conjunto de todas as entidades “clientes”.
Conjuntos de entidades não precisam ser disjuntos. Por exemplo, é possível definir o conjunto de entidades de todos osfuncionários de um banco (funcionários) e o conjunto de todos os clientes do banco (clientes). Uma entidade pessoa pode ser uma entidade funcionário, uma entidade cliente, ambas ou nenhuma delas.
Uma entidade é representada por um conjunto de atributos.

3. ATRIBUTOS

São características que identificam as entidades. Uma entidade é representada por um conjunto de atributos.

3.1Atributos Compostos

Os atributos compostos podem ser divididos em partes menores, ou subpartes, que representam atributos mais simples com significados independentes. Por exemplo, um atributo endereço pode ser subdividido em rua, cidade, estado e cep. Pode-se também dividir o atributo rua em número, nome-rua e número-apartamento. Atributos deste tipo formam uma hierarquia.

3.2 AtributosDerivados

Alguns atributos podem ter uma relação entre si. Por exemplo, idade e data de nascimento de uma pessoa. Para uma pessoa em particular, podemos determinar o valor atual de idade através do atributo data-nascimento. Então idade é chamado um atributo derivado e é derivado do atributo data de nascimento. Alguns atributos podem ser derivados de entidades relacionadas. Por exemplo, um atributonúmero de empregados de uma entidade departamento pode ser derivado através da contagem de número de empregados que trabalham para um departamento.

4. MER

O modelo entidade relacionamento (MER) é baseado na percepção do mundo real que consiste em um conjunto de objetos básicos chamados entidades e nos relacionamentos entre esses objetos. Ele foi desenvolvido para facilitar o projeto...
tracking img