Balistica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6475 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Balística: uma muito breve síntese | | | |

Escrito por Major-General JOÃO ERNESTO VELA BASTOS    |
12-Jun-2010 |
A Balística ocupa-se do movimento do projéctil, quer enquanto percorre o tubo da arma, assumindo a designação de Balística Interna, quer quando se move na atmosfera, designando-se então como Balística Externa.
O seu objectivo último é permitir ao atirador apontar aarma, disparar e atingir um objectivo, com um máximo de eficácia  e, se possível, com eficiência .
Este é um tema que, normalmente, a maioria dos leigos na matéria julgam complicado e cuja compreensão obriga a dominar áreas do saber tão diversas como a Análise Matemática, a Mecânica, a Química, a Termo-dinâmica e a Mecânica de Fluídos. Convenhamos que os leigos têm razão.
Este artigo é escrito coma intenção de transmitir, de uma forma despre-tensiosa, mas com rigor, o que é a Balística, que objectivos pretende atingir, as suas limitações e, enfim, que outras abordagens poderá ter no futuro.
O artigo está estruturado numa Introdução, na qual se faz uma necessariamente breve resenha histórica de enquadramento do tema.
Segue-se-lhe a Balística Interna onde se caracteriza o movimento doprojéctil no interior do tubo e a sua causa, por intermédio de uma substância, a pólvora, que tem a propriedade de se transformar, com a rapidez adequada, em gás, libertando significativa quantidade calor, o que provoca um aumento de pressão e o subsequente início do movimento daquele.
Na Balística Externa procede-se ao estudo do movimento do projéctil na atmosfera, após abandonar o tubo da arma,considerando-se como factores condicionantes do problema a energia cinética de que aquele está animado e as influências a que fica sujeito, sendo as mais importantes a atracção gravítica terrestre e a resistência do ar.
Em Considerações Finais faz-se uma síntese do artigo, traçando-se possíveis cenários para a Balística, num futuro provavelmente próximo. 1.    INTRODUÇÃO

O movimento, da grandemaioria dos projécteis, inicia-se no interior do tubo da arma, sendo provocado pela expansão gasosa dos produtos da combustão das pólvoras, constituindo-se esta matéria como objecto de estudo da Balística Interna.
Após a saída à boca da arma o projéctil irá percorrer uma trajectória, na atmosfera terrestre, até atingir o objectivo. Este já é o domínio da Balística Externa.
No âmbito de umaIntrodução, necessariamente breve, ao tema nuclear deste artigo começar-se-á pela Balística Externa e não pela Balística Interna, como a lógica poderia fazer antever, já que, cronologicamente falando, a primeira é anterior à segunda.

BREVE HISTÓRIA DA BALÍSTICA EXTERNA

É comum ouvir-se que o objecto de estudo da Balística Externa se inicia com a primeira pedra arremessada por um qualquer serpré-histórico, há muitos milhões de anos, mas, de facto, se atentarmos ao seu objecto de estudo, então poderíamos referenciar como início o movimento de meteoritos na atmosfera terrestre, muito antes do aparecimento dos primeiros mamíferos.
A seguir à pedra, arremessada manualmente, surgem outros disposi-tivos, como as fisgas, fundas, arcos e a “ballista” , os quais permitem o lançamento com maioralcance e precisão de diversos tipos de projécteis, encontrando-se um exemplar na figura n.º 1.

Leonardo da Vinci (1452-1519) está na origem de conceitos técnicos e científicos inerentes à grande maioria do armamento moderno, entre os quais se destacam os primeiros projécteis utilizados em canhões, os morteiros, espingardas e até versões primitivas de carros de combate e submarinos. As primeirasbases teóricas para a Aerodinâmica são de sua autoria.
Não muito depois, Galileo Galilei (1562-1642) elabora o primeiro estudo científico sobre o movimento dos corpos na atmosfera, tendo deduzido a trajectória parabólica para o caso de um projéctil no vácuo. Um dos seus pupilos, Evangelista Torricelli, deduz a equação daquele movimento, tendo estudado as suas propriedades. Também Niccolo...
tracking img