Bahia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2914 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
BAHIA
GEOGRAFIA – Área: 564.830,86 km2. Relevo: planície no litoral, depressão a norte e oeste e planície no centro. Ponto mais elevado: serra do Barbado (2.033,30 m). Rios principais: São Francisco, Paraguaçu, Jequitinhonha, Itapecuru, Capivari, de Contas. Vegetação: floresta tropical, mangues litorâneos, caatinga e cerrado. Clima: tropical. Municípios mais populosos: Salvador (2.675.656),Feira de Santana (556.642), Vitória da Conquista (306.866), Camaçari (242.970), Itabuna (204.667), Juazeiro (197.965), Ilhéus (184.236), Lauro de Freitas (163.449), Jequié (151.895), Alagoinhas (141.949), Teixeira de Freitas (138.341), Barreiras (137.427), Porto Seguro (126.929), Simões Filho (118.047), Paulo Afonso (108.396), Eunápolis (100.196), Santo Antônio de Jesus (90.985) e Valença (88.673) -2010. Hora local: a mesma. Habitante: baiano.
POPULAÇÃO – 14.016.906 (2010). Densidade: 24,81 hab./km2 (2010). Cresc. Dem.: 1,1% ao ano (1991-2006). Pop. urb.: 67,6% (2004). Domicílios: 3.687.867 (2005); carência habitacional: 683.775 (2006). Acesso à água: 75,1% (2005); acesso à rede de esgoto: 46,6% (2005). IDH: 0,742 (2008).
Modernização do estado:
Na Bahia, o processo de modernização seinicia nos anos 50, com a descoberta de petróleo no Recôncavo Baiano, a construção da Usina Hidrelétrica de Paulo Afonso (1954) e a abertura da rodovia Rio-Bahia (1957). Na década seguinte, passa a ser atendida pela SUDENE e recebe recursos sobretudo para a ampliação da agricultura irrigada na bacia do São Francisco. A partir de 1974, esse cultivo fica sob supervisão da Companhia de Desenvolvimento doVale do São Francisco (CODEVASF). Ainda nos anos 70, incentivos fiscais favorecem a implantação do Polo Industrial de Aratu e do Polo Petroquímico de Camaçari, na região metropolitana de Salvador, o maior centro industrial do nordeste.
Mudanças na economia:
A indústria petroquímica baiana, responsável por grande parcela do PIB industrial, foi decisiva para que o estado apresentasse as empresasde mais elevada média de crescimento em 2006. Na lista das dez maiores empresas do estado, o polo petroquímico de Camaçari emplacou quatro. A explicação pode estar na alta da cotação do preço do petróleo no mercado internacional, puxando o preço dos derivados. Ainda assim, o governo procura reduzir a dependência em relação ao polo petroquímico, incentivando o turismo, que leva a construção de umcomplexo de hotéis em Sauípe. Em Ilhéus, cresce o polo de informática, e a montadora Ford, em início de construção, atrairá fornecedores de autopeças.
Os investimentos realizados nos últimos 15 anos na Bahia permitiram o surgimento de pelo menos três novas áreas prósperas: as regiões do baixo médio São Francisco, oeste e sul do estado, que concentram grandes empreendimentos. As duas primeirasrevelam potencial para atividades ligadas ao agronegócio, baseadas principalmente na agricultura irrigada, expondo os contrastes de um estado com dois terços de seu território no semiárido. A terceira região, que viveu durante anos do cacau, volta-se para o turismo. A soja, principal produto agrícola do oeste, apesar de safra recorde, deixa de ser o centro das atenções dos agricultores, que apostam,no oeste baiano, no milho. Surgem também com força o algodão e o café, além da mamona, melancia, feijão e a pecuária.
Na pecuária, a criação de caprinos adapta-se às condições do semiárido e traz bom retorno econômico. O estado chegou a ter o contingente de cabras mais expressivo do país, com 4 milhões de animais, mas a seca de 1998, castigou o rebanho que caiu para 1,9 milhões. Na regiãosemiárida, ainda se criam 2 milhões de carneiros e ovelhas, o segundo maior rebanho brasileiro. Já a criação de bovinos atinge a expressiva marca de 10 milhões de cabeças.
Política econômica:
Desde 1991, o governo baiano mantém as despesas com o funcionalismo abaixo da Lei Camata, que fixa em 60% das receitas estaduais os gastos para esse fim. O estado inicia também uma reforma administrativa, com...
tracking img