Bacia de evapotranspiração

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1269 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

Pesquisa e Atividades Complementares:
Bacia de Evapotranspiração

Trabalho acadêmico apresentado como da disciplina PAC, do curso de Engenharia, da Faculdade Anhanguera de Matão.

Profº. Gabriel Nunes

Denis Augusto Franciscatto - RA: 0903334900
Fernando Ferrari Reguero - RA: 0926252499
Maciel Antonio Spinelli - RA: 0901343531Nelson Luiz Chiozzini - RA: 0992000000
Sara Carina Marques - RA: 0992000025

MATÃO – SP
Maio – 2011

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 3
Sistema de tratamento de esgoto por evapotranspiração 3
Procedimento para Construção da Bacia 4
Custos de Implantação do Projeto 9
CONCLUSÃO 9
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 10

INTRODUÇÃO

A Bacia de Evapotranspiração será usado paratratamento das águas negras, aquelas usadas nos sanitários para descarga. Não há saída de efluentes do sistema e visa substituir as fossas sépticas e sumidouros, com ganhos de segurança sanitária, economia financeira por usar restos de construção e pneus usados e também pela facilidade de construção. Beneficiando famílias de baixa renda e diminuindo a demanda por canalizações e ETEs (estações detratamento de efluentes) públicas, uma vez que desse sistema não há saída de efluentes.
O Círculo de Bananeiras será usado para o tratamento das águas cinza, aquelas usadas nas pias, chuveiros e máquinas de lavar roupa. Este sistema visa tratar separadamente as águas que não estão contaminadas com dejetos humanos. Isto irá diminuir bastante o volume de água no sistema principal de tratamento da casa.Como o tratamento da água cinza é bem mais simples, ele demanda menos recursos e ainda aproveita a riqueza de nutrientes da água cinza, para alimentar plantas frutíferas.

Sistema de tratamento de esgoto por evapotranspiração

O sistema de evapotranspiração aqui detalhado é basicamente uma trincheira impermeabilizada com concreto magro ao fundo e nas paredes. As paredes da trincheira sãoestruturadas com a aplicação de uma camada mais grossa de cimento sobre tela de galinheiro grampeada sobre o concreto magro.
Trata-se de um sistema fechado, onde não há infiltração no solo e as plantas realizam o processo de evapotranspiração das águas servidas. Foi projetado para atender a uma família de três pessoas, com dimensionamento superestimado que garanta o funcionamento adequado do sistemapor longo tempo.
A base impermeabilizada é forrada por uma camada delgada de entulho de obras e assentada sobre a base está uma série de pneus alinhados. O encanamento de esgoto (do tipo águas negras) é destinado para dentro desse tubo formado por pneus, onde acontece a digestão anaeróbica do efluente, que escorre pelos os espaços entre pneus.
Saindo desse espaço, o efluente encontra barreiras dematerial permeável que serão naturalmente colonizadas por bactérias que complementarão a digestão. Assim, na medida em que o efluente preenche toda a bacia, ele será mineralizado e os patogênicos vão sendo eliminados, ao mesmo tempo em que as raízes das plantas no solo acima das camadas vão descendo em busca dos nutrientes disponibilizados.
De baixo para cima, a bacia é preenchida com materiaisde granulometria decrescente. No fundo vêm os grandes fragmentos de tijolos, telhas e pedras. Acima vêm as pedras e cacos pequenos, britas, cascalhos e seixos. Em seguida, areia com cascalho e por sobre tudo, o solo devidamente coberto por matéria orgânica. Neles serão introduzidas plantas que consumirão os nutrientes.
No sistema foram plantadas bananeiras e taiobas, neste primeiro momento. Sãoindicadas espécies com raízes rasas e folhas largas que permitam a transpiração do solo úmido. O sistema pode e deve ser intensamente plantado com essas espécies indicadas, devendo ser evitado o plantio de hortaliças e espécies de raízes profundas.
Para o monitoramento da eficiência do tratamento de esgoto é necessário a implantação de pontos de coleta do efluente.
Na saída do sistema coloca-se...
tracking img