Bacharel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (269 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Características sobre o Direito Natural e o Direito Positivo

É sabido que o Direito abrange os mais diversos campos e que sua base teórica possui os mais variadosprincípios e conceitos. Após a realização de pesquisa objetiva sobre o Direito Natural e o Direito Positivo, pode-se inferir de imediato que o Direito Natural nada mais édo que a ideia abstrata do Direito, o ordenamento ideal, correspondente a uma justiça superior e anterior, trata-se de um sistema de normas que independe do direitopositivo, ou seja, independe das variações do ordenamento da vida social que se originam no Estado. O Direito Natural deriva da natureza de algo, de sua essência, podendoser sua fonte: a natureza, a vontade de Deus ou a racionalidade dos seres humanos.
Reforçando esse conceito, Diniz (1999) cita em seu livro “Compêndio de Introdução àciência do Direito”, que:
O Direito Natural é como o conjunto de normas ou primeiros princípios morais, que são imutáveis, consagrados ou não na legislação da sociedade,visto que resultam da natureza das coisas e do homem, sendo por isso apreendidos imediatamente pela inteligência humana como verdadeiros. (DINIZ, 1999, p. 37)

Reale(2012), afirma por meio de sua obra “Noções Preliminares de Direito”, que: eles (os direitos naturais) se legitimam como pressupostos de natureza lógica ou axiológica[...] deixando claramente a diferença entre o Direito Natural e Direito Positivo, afinal, o Direito Positivo segundo Gusmão (2012), nada mais é do que aquilo que só podeser chamado de Direito Positivo após ser sancionado pelo poder público, ou seja, sendo emanado do Estado.

Phelipe Marcelo Berretta Iaderoza- Anhanguera Leme- 2013
tracking img