Avaliacao a distancia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2148 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Administração do Caixa
Objetivos de aprendizagem
! Conhecer os principais aspectos da administração de caixa de uma empresa.
! Mensurar qual o saldo mínimo de caixa que uma empresa necessita manter para suprir suas necessidades de desembolsos.
! Apreender técnicas para elaboração do fluxo de caixa de uma empresa.

Seções:
1 Administração de caixa
2 Saldo mínimo de caixa
3 Projeção dasnecessidades de caixa

1 – Administração de Caixa
O caixa da empresa é o ativo em forma de moeda, que tem como finalidade efetuar o pagamento das obrigações da empresa. Uma ferramenta muito útil à gestão financeira da empresa é o orçamento de caixa, mais comumente conhecido como fluxo de caixa.Existem três motivos, segundo Keynes, para a manutenção de recursos em caixa:
a) Motivo transação:recursos necessários para se fazer os pagamentos no curso normal das atividades da empresa – compras, mão-de-obra, impostos, dividendos, entre outras.
b) Motivo precaução: recursos que estão relacionados com a manutenção de uma reserva de segurança para enfrentar as contingências imprevistas. Dessa forma, quando mais previsível for o fluxo de caixa da empresa, menor será a necessidade demanutenção de saldo de caixa pelo motivo precaução. A capacidade de se obter recursos para atender às saídas de emergência também reduz a necessidade de manutenção de saldos de caixa com essa finalidade.
c) Motivo especulação: recursos que estão relacionados com a manutenção de caixa para aproveitar as oportunidades de investimentos que aparecerem, com as variações esperadas dos preços dos títulos, pois autilização dos recursos nos momentos oportunos pode ocasionar ganhos para a empresa na administração de seus recursos disponíveis.
Com base nestes ensinamentos de Keynes, podemos dizer que, dependendo do nível de cada um destes três itens, as empresas vão manter um volume maior ou menor de recursos em caixa.
Por exemplo, se uma empresa está querendo precaver-se de situações desfavoráveis quepossam acontecer (inadimplência, ações judiciais a serem pagas, etc.), ela manterá recursos em caixa por precaução. Mas ao mesmo tempo, se ela identificar que pode, através de compras à vista, obter vantagens junto aos fornecedores, manterá recursos para especulação.
Assim também ocorre em nossa vida pessoal, fazemos retenção de moeda baseados nestes três pilares: precaução, transação e especulação.2 – Saldo mínimo de caixa
O saldo mínimo de caixa consiste no volume de recursos que a empresa deve disponibilizar para poder saldar seus compromissos e manter uma reserva de segurança, de forma a cobrir necessidades de pagamentos imprevistos (não programados). A manutenção deste volume deve-se à falta de sincronia entre pagamentos e recebimentos, conforme você estudou na unidade I, sobreciclos operacionais e financeiros. A tarefa de se determinar o volume ideal de recursos a serem mantidos em caixa é um pouco complexa, tendo em vista a ótica das razões de retenção de moeda preconizadas por Keynes, pois a determinação de saldos mínimos efetuada de maneira equivocada pode manter um volume desnecessário de recursos, perdendo-se oportunidades de investimento de curto prazo ou, sedimensionados recursos escassos, gerar um déficit de caixa e, consequentemente, o pagamento de despesas adicionais (juros sobre empréstimos) para suprir as necessidades de recursos emergentes.
Uma maneira simples de se dimensionar o saldo mínimo de caixa é o cálculo baseado no ciclo de caixa da empresa, já estudado na unidade 1..
A fórmula a ser utilizada para o cálculo é:
Saldo mínimo de caixa’ Desembolsos totais de caixa esperados no período
Giro de caixa do período

Vamos supor, por exemplo, que uma determinada empresa tenha previsto para o ano o valor de $ 1.000.000 de desembolsos. Já o seu ciclo de caixa é de 90 dias. Qual o saldo mínimo de caixa da empresa?
Para...
tracking img