Avaliação

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1358 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
"A eficácia dos estabelecimentos não se mede: ela se constrói, negocia-se, pratica-se e se vive", M.GATHER THURLER (1991) contribui para recolocar as coisas em seus devidos lugares. Não são os contratos de avaliação que importam, mas a existência de processos eficazes de regulação da ação pedagógica e do funcionamento das escolas e dos sistemas, regulação esta que trate do essencial, a saber, daredefinição e da consecução das finalidades principais. Certamente, a regulação pressupõe sempre alguma forma de avaliação.


Afinal... O que é Avaliar?
Avaliar é dar valor, apreço ou merecimento. Logo, a ação de avaliar se constitui, de acordo com alguma escala de valores pré-estabelecidos. De um modo geral, pode-se dizer que avaliar é comparar uma "realidade" com um "modeloideal". Este "modelo ideal" expressa, através do delineamento de metas e objetivos, um padrão de qualidade a ser atingido.
Segundo Jussara Hoffmann "A avaliação escolar, hoje, só faz sentido se tiver o intuito de buscar caminhos para a melhor aprendizagem".


...O que diz a LDB?
Quando a LDB estabelece que a avaliação deva ser contínua e priorizar a qualidade e o processo deaprendizagem (o desempenho do aluno ao longo de todo o ano e não apenas numa prova ou num trabalho), usa outras palavras para expressar o que o jargão pedagógico convencionou chamar de avaliação formativa. Segundo o americano Michael Scriven,( Medotologia da Avaliação - 1967), só com observação sistemática o educador consegue aprimorar as atividades de classe e garantir que todos aprendam.Muitos veem a avaliação formativa como uma "oposição" à avaliação tradicional, também conhecida como somativa ou classificatória. Esta se caracteriza por ser realizada geralmente ao final de um programa, com o único objetivo de definir uma nota ou estabelecer um conceito - ou seja, dizer se os estudantes aprenderam ou não e ordená-los. Na verdade as duas não são opostas, mas servem paradiferentes fins. A avaliação somativa é o melhor jeito de listar os alunos pela quantidade de conhecimentos que eles dominam - como no caso do vestibular ou de outros concursos. A formativa é muito mais adequada ao dia-a-dia da sala de aula.


As avaliações do sistema de ensino no Brasil
Todos praticam a avaliação da aprendizagem de seus educandos em suas salas de aula e, desde, aproximadamente,dez anos para cá, ou um pouco mais, foi instituída no Brasil as avaliações do sistema de ensino, formalizadas na avaliação do Ensino Fundamental (SAEB, Prova Brasil), Exame do Ensino Médio (ENEM), avaliação do Ensino Superior (SINAES, antigo Exame Nacional de Curso).
Segundo Luckesi, ( Blog-texto Avaliação da Aprendizagem), a diferença de avaliação da aprendizagem e avaliação do sistemade ensino: “A avaliação da aprendizagem tem como função dimensionar a qualidade da aprendizagem dos educados em sala de aulas e no caso da avaliação de acompanhamento do educando no seu percurso de aprender, se necessário, proceder a uma intervenção de correção na aprendizagem (ensinar de novo); já a avaliação dos sistemas de ensino tem a função de verificar a qualidade do sistema em termos desua eficácia em produzir os resultados desejados”.


Qual é a concepção do ENEM?


A estrutura conceitual de avaliação do ENEM, delineada no Documento Básico, de 1998, que definiu as suas características gerais, vem sendo aprimorada e consolidada a cada aplicação do exame, sem, contudo, afastar-se dos fundamentos estabelecidos na concepção original. O ponto de partida paraestruturação do ENEM foi o advento da atual Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB, que introduziu importantes inovações conceituais e organizacionais no sistema educacional brasileiro. O ensino médio, que ganhou uma nova identidade como etapa conclusiva da educação básica, recebeu a atribuição de preparar o aluno para o prosseguimento de estudos, a inserção no mundo do trabalho e a...
tracking img